Ainda precisamos de mais um bom meia de criação…

Ainda precisamos de mais um bom meia de criação... (Foto: Nelson Perez / FFC)

Ainda precisamos de mais um bom meia de criação… (Foto: Nelson Perez / FFC)

O Fluminense está se movimentando em busca de reforços para o restante da temporada. Até o momento, para o meio de campo, foram contratados Maranhão e Dudu Figueiredo. Ambos são, na verdade, apostas da diretoria tricolor. Porém, são meia-atacantes, jogadores com chegada ao ataque. O que o Fluminense ainda precisa é de um meia de criação, um camisa dez.

De fato, contamos com o Gustavo Scarpa, mas apenas um jogador com essas características é pouco para o elenco. Ele não pode ficar sobrecarregado. O Cícero também pode fazer essa função de ligação do meio com o ataque, mas ultimamente não vive um bom momento. Inclusive, ele vem fazendo mais a função de volante.

No último confronto, diante do Botafogo, o técnico Levir Culpi relacionou apenas dois jogadores para a posição: Cícero e Gustavo Scarpa. Ambos foram titulares da equipe, o que deixou o Fluminense sem opções no banco de reservas.

É algo preocupante, pois sabemos da importância de um bom camisa dez para a equipe. Claro, é uma posição de carência em vários clubes do Brasil. Não é necessariamente um problema apenas do Fluminense. Mas é possível encontrar esse jogador no mercado, mesmo que no exterior.

No entanto, não significa que o Fluminense deva buscar um jogador qualquer, um desconhecido, fazer uma nova posta… Na verdade, o elenco precisa de um jogador capaz de ser titular da equipe. Para ser titular em uma eventual ausência do Gustavo Scapa ou do Cícero, por exemplo.

Fala-se na possível chegada do Rafinha, ex-Coritiba. Sinceramente, não acho que ele tenha o perfil que o Fluminense precisa. Assim como o Dudu, o Rafinha é um meia-atacante. É veloz, tem boa chegada ao ataque, mas não o vejo como um cérebro para o meio de campo tricolor.

Eu torço para que a diretoria do Fluminense pensa da mesma forma. Se for para pensar em título, é preciso reforçar bem a equipe. Até o momento, apenas apostas foram feitas. E isso é pouco para os anseios da torcida tricolor.

Por Leandro Alves / Explosão Tricolor

Siga-nos no Twitter e curta nossa página no Facebook