Nosso campeonato começa sábado

Magno Alves em ação contra o São Paulo (Foto: Nelson Perez / Fluminense FC)

Magno Alves em ação contra o São Paulo (Foto: Nelson Perez / Fluminense FC)

Estimados leitores. Perpassando rapidamente sobre a derrota para o São Paulo, não custa nada demais lembrar três aspectos pontuais:

1º – Perdemos para um gigante do futebol nacional. Ao meu sentir, em termos de conquistas, é o maior clube do Futebol Brasileiro, pois a reverência internacional não mente. A galera que vinha viajando para ver os jogos do Fluminense na Libertadores sabe o que estou falando. Sem contar que a sua sala de troféus é um esculacho com qualquer outro clube Nacional. Além de estar na semi-final da Taça Libertadores, ocupa a 4ª Colocação do Programa de Sócio Torcedor com 108.546 (cento e oito mil, quinhentos e quarenta e seis) sócios torcedores, ou seja, são 75.888 (setenta e cinco mil, oitocentos e oitenta e oito) sócio torcedores a mais do que nós temos. Eis o nosso evidente apequenamento. Olhem a “Quimera” aí!

2º – O São Paulo é um gigante porque, além de ter uma grande torcida que não o deixa na mão (ao reverso da nossa que abandonou mesmo), tem um grande estádio e incomoda demais a imprensa corintiana em todos os aspectos, principalmente porque, ano após ano, o São Paulo desmente a falácia da tal “espanholização” do Futebol Brasileiro, sempre levantando uma conquista importante, na maioria das vezes, internacional. O programa de sócio torcedor do São Paulo garantiu verba para a manutenção do zagueiro Maicon. E também vai garantir a manutenção de outros bons jogadores também.

3º – Possui um grande treinador e um elenco super qualificado, ao reverso das historinhas que são alardeadas pela imprensa afora. Tanto é verdade que “o time reserva”, com Centurion, o recém contratado Cuervas e Alan Kardec formando a linha de frente, seriam titulares no nosso time, com a maior facilidade, sendo certo que lá no São Paulo, são banco. Com a lesão do Marcos Junior e sem peça de reposição para a posição, só restando o Scarpa isolado, começamos a sentir, com veemência, a falta de opções, expondo a fragilidade do nosso elenco. Isso reflete no psicológico, no esquema tático e de jogo. O Levir é mágico, mais sem ovos, não tem omeletes.

Nada desesperador. Perdemos para um favorito, como provavelmente perderemos para o Internacional em Porto Alegre, candidato ao G-04, mas não ao título, porque como já disse em colunas anteriores, não tem técnico para tanto.

Dessarte, por ora, nosso campeonato começa literalmente nesse sábado, ou seja, na 13ª rodada. Explico.

Nossa sequência: Coritiba (RJ), Vitória (Fora), Cruzeiro (RJ), Atlético Paranaense (Fora), Ponte Preta (RJ), Figueirense (RJ), Internacional (Fora) e começaremos a 20ª rodada, ou seja, segundo turno, com América MG (RJ).

Ou seja, à exceção de Cruzeiro e Internacional que estão à anos luz na nossa frente em todos os sentidos, a começar pelos Sócios Torcedores que, como jamais cansarei de dizer, há muito vêm garantindo bons times para essas equipes (respectivamente com 75.742 e 112.756 Sócios Torcedores), os demais estão na “vala comum” igual a gente, ou seja, almejando não passar perrengue e fazer um campeonato digno.

Independentemente das nossas pretensões, com ou sem contratações, fato é que com o elenco atual, temos que exigir um mínimo de dignidade e o máximo de comprometimento dos nossos atletas que, além de estarem com os salários em dia, não podem se esquecer que são os atuais Campeões da Primeira Liga. E tem que jogar, seja em casa, seja fora, se impondo mesmo sobre esses adversários.

Parece loucura da minha parte, mais a projeção que temos que fazer é de 18 (dezoito) pontos nesses 08 (oito) confrontos sim. Isso pode garantir nossa permanência na Série A e, dependendo do que acontecer nas próximas rodadas nos outros jogos, nos fazer sonhar com algo melhor. Mas o meio da tabela ficará garantido, com certeza.

Já conquistamos dois Brasileiros recentemente (2010-2012) e ficamos numa terceira colocação em 2011: esse é o momento chave e crucial do campeonato.

Espero que encarem com seriedade esses jogos, e que Edson Passos já esteja definitivamente liberado para a partida diante do Cruzeiro. E que começamos a tornar o Giulitte Coutinho nossa casa, pois assim deverá e tem que ser em 2017, desde a primeira rodada da Rubens Liga até dezembro de 2017, estando nós na Libertadores ou não, pois o custo benefício para o Fluminense, que nada pagará para jogar, sendo apenas responsável pela manutenção do Estádio e do gramado – ao reverso do Maracanã onde foi realizada uma esdrúxula alteração contratual com o consórcio, que consumia 60% do nosso já pífio número de Sócios Torcedores – será consideravelmente interessante para nós, sem contar que precisaremos concluir o CT que, como já sabemos, será entregue incompleto.  

Rápida Triangulação:

– Contratação do Henrique Dourado; se for verdade a assertiva de que estamos adquirindo 50% dos direitos econômicos do jogador para realizar um contrato de 03 ou 04 temporadas, sou a favor, principalmente se levado em consideração a idade do cara: 26 anos de idade. Foi vice artilheiro do Brasileirão de 2014 pelo Palmeiras, com 16 (dezesseis) gols. Embora só tenha marcado um único gol pelo Cruzeiro em 2015, nesse mesmo ano foi transferido para o Vitória de Guimarães, de Portugal, onde marcou 17 (dezessete) gols. Uma boa média.

– Time definido contra o Coxa: Diego Cavalieri, Wellington Silva, Gum, Henrique, William Matheus; Pierre, Edson, Dudu, Gustavo Scarpa; Osvaldo e Magno Alves. Meu Deus do Céu! Particularmente insistiria na escalação do Richarlison ao lado do Osvaldo e mesmo sem saber como está o Marlon Freitas (que não é o zagueiro Marlon e sim o que é volante), o escalaria no lugar do Pierre.

– Será que Jonathan e Scarpa já estão vendidos e não sabemos? O primeiro estranhamente não vem sendo escalado. O segundo aprendeu tudo de ruim com o Gérson e fica desfilando em campo. À exceção do Marcos Junior, parece que realmente é complicado apostarmos nos “moleques de Xerém”, ainda mais numa competição que não perdoa.

Marcos Túlio / Explosão Tricolor

Siga-nos no Twitter e curta nossa página no Facebook

INSCREVA-SE no nosso canal do YouTube e acompanhe os nossos programas!

SEJA PARCEIRO DO EXPLOSÃO TRICOLOR! – Entre em contato através do e-mail: [email protected]