A arte de esquecer pra não mudar a expectativa




Pois é. Domingo a gente finge que não teve. Pela bosta de jogo, pela estreia do Robinho que não houve, porque eu estava na casa de um flamenguista que comemorou gol do Vitória e eu não pude zoar a derrota de mais tarde porque ele não pagou pra ver o jogo… e também porque eu tava hospedada na casa dele, mas a lição foi aprendida.

Eu não tenho saúde pra estar perto de torcedor de outro clube em jogo do Fluminense. Aguento? Óbvio. Sou gente, aprendi a conviver com outros seres humanos. Mas não gosto. Não me faz bem. Cara, dói fisicamente. Contra o Vasco eu levei TRÊS comigo. Nunca mais também… Socorro. Ah, era trabalho. Ok. Mas vou evitar. Porque passou, mas na hora eu tava quase metendo a mão na cara de um filho de rapariga do meu lado.

Quinta é daqui a menos de 3 dias (tô escrevendo de tarde) e meu Deus do céu, que ansiedade. Domingo não teve, Henrique tá lesionado, mas vou fingir que tá tudo ótimo com a nossa zaga, imagine….

Não penso em revanche: penso em mudar essa vibe. Como faço com blusas e peças que estreio em derrota. Não pode. Tem que desmitificar.. A gente vai atropelar essas infelizes e ganhar lá. Ganhar deles no jogo, ganhar da altitude, ganhar confiança.

E vamos estar todos lá. Porque #GuerreiroConvocaGuerreiro e pra esse jogo o recado é #AbraceOFlu

Essa foto quem fez foi o pessoal do Instagram @guerreirostricolores_ffc, mandem uma inbox pra eles com a sua foto que eles te mandam pronta!

Saudações tricolores e vejo vocês na nossa casa Maracanã.. ❤️💚

@ninalessaa no Twitter e no Instagram

Loja---02

Siga-nos no Twitter e curta nossa página no Facebook

INSCREVA-SE no nosso canal do YouTube e acompanhe os nossos programas!

SEJA PARCEIRO DO EXPLOSÃO TRICOLOR! – Entre em contato através do e-mail: explosao.tricolor@gmail.com

 

PUBLICIDADE