A hora da verdade para o Fluminense




Foto: Lucas Merçon / Fluminense F.C.

Após dezessete rodadas disputadas, o Fluminense ocupa a sexta colocação na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro, ou seja, está no badalado G-6. Muito se discute sobre como o time comandado pelo Odair Hellmann conseguiu esta condição até aqui. Há quem acredite que o técnico tenha os seus méritos, mas também há quem afirme que é apenas sorte.

Independentemente da discussão, o fato é que o Fluminense realmente está com aproveitamento de G-6, considerando as edições de 2016 a 2019. Porém, a partir deste domingo, a equipe tricolor terá uma pesadíssima sequência de cinco jogos. Ouso até a dizer que ela definirá o que o Tricolor deseja de verdade no Brasileirão.

Com base na atual colocação, serão cinco concorrentes diretos por uma das vagas no G-6: Santos (C), Fortaleza (F), Grêmio (C), Palmeiras (F) e Internacional (F). Ou seja, só pedreira!

Sendo assim, não há mais espaço para tantos erros. Assim como não há mais desculpa de desgaste físico, pois o Fluminense está disputando apenas o Campeonato Brasileiro. É válido lembrar que o time jogará apenas nos finais de semana até o início da segunda quinzena de janeiro. O mínimo que se espera é que os jogadores atinjam um estágio físico mais elevado. Além disso, espera-se um time melhor organizado taticamente e até apresentando uma variedade de jogadas ensaiadas. Será que é pedir muito?

Também gostaria de ver alguns jovens valores tendo mais chances. Calegari e André, por exemplo, não podem ser reservas do Igor Julião e Hudson.

Vamos ver no que dará, mas se passar por essa sequência com um aproveitamento na faixa de 55% a 60%, a estrada por uma vaga na Taça Libertadores da América ficará bem pavimentada. Será dureza, mas se há oportunidade para buscar, então tem que correr atrás.

Forte abraço e ST

Vinicius Toledo

Clique aqui e realize a sua inscrição no nosso canal do YouTube!

 

Clique aqui e veja a lista com as últimas notícias do Fluzão!



PUBLICIDADE