A injusta crítica à contratação do Richarlison




Principal contratação do Fluminense para o início da temporada, o atacante Richarlison ainda não deslanchou com a camisa tricolor. Isso é um fato. Mas há justificativa para todos os tipos de criticas à contratação do garoto? Ao meu ver, não.

Ainda semana passada, li o seguinte comentário de um torcedor e resolvi escrever o texto: “O Peter gastou dez milhões de reais em um caneleiro. É muito amadorismo!”.

Bom, amigos, o Fluminense não investiu dez milhões de reais em um caneleiro. Na verdade, o clube investiu esse grana em um jovem, de apenas dezenove anos, que foi descrito pela conceituada revista inglesa Four Four Two como o “novo fenômeno”.

Sim, o Richarlison despontou no América-MG como uma grande promessa. Me recordo de assistir a um jogo do clube mineiro, em que o narrador que transmitia o duelo na TV fechada disse a seguinte frase na abertura: “Olho no garoto Richarlison!”.

No momento em que o Fluminense contratou o Richalison, ele era disputado também por Cruzeiro, Atlético-MG, Palmeiras e Corinthians. Logo após o acerto com o clube das Laranjeiras, o atacante entrou na mira do Mônaco, da França.

Portanto, caros tricolores, a contratação do Richarlison, grande nome da Série B pelo América-MG, não foi descabida. Foi uma contratação de visão de mercado do Fluminense. Foi feito o investimento em um atleta que até então se mostrava com um grande futuro para o futebol.

Na minhã opinião, o presidente Peter Siemsen, principal responsável pela contratação, trabalhou bem nas negociações com o América-MG, e o Fluminense terminou por largar na frente na busca pelo jogador. Não cobram tanto que a direção pense com a grandeza do clube? Foi o que foi feito na negociação pelo Richarlison.

Analisar a contratação agora é muito fácil, quando o jovem não está bem. No momento do acordo, poucos questionaram a direção do clube. Muitos dos que criticam neste momento, aplaudiram o investimento.

O Fluminense acertou com o Sornoza para 2017. O cara foi um dos destaques da última Libertadores. Uma excelente contratação. Suponhamos que ele chegue às Laranjeiras e não mostre bom futebol no primeiro semestre do próximo ano, será justo criticar a diretoria tricolor por ter contratado um jogador que até então atuava em alto nível? Não, não seria justo.

É preciso olhar que o Richarlison tem apenas 19 anos. É até normal que demore um certo tempo para se adaptar. Não acho justo criar uma pressão excessiva em torno do atleta. Ele acaba por perder oportunidades na equipe. Não ajuda em nada. Às vezes é preciso ter paciência.

Vale lembrar também do bom desempenho do Richarlison durante a Florida Cup. Ele mostrou qualidade naquele momento. Infelizmente, sofreu duas lesões, que atrapalharam bastante o seu começo pelo Tricolor.

Eu ainda acredito no sucesso do jogador no Fluminense, justamente por ser um jovem. Poderá dar a volta por cima no clube. Aos críticos de momento, deixo um recado: desaprovem antes, quando feitas as contratações, pois depois, quando a coisa não vai bem, fica feio. É desleal! ST

Créditos: Ricardo Stuckert/CBF
Créditos: Ricardo Stuckert/CBF

Por Leandro Alves / Explosão Tricolor

Siga-nos no Twitter e curta nossa página no Facebook

PUBLICIDADE