Alvo de fortes críticas, Flamengo decide retirar ação no STJD que tentava alterar os mandos de campo das quartas da Copa do Brasil




Foto: Divulgação / CBF



Flamengo recuou na tentativa de inverter os mandos de campo do confronto contra o Athletico-PR

O Flamengo retirou a ação no STJD em que tentava invalidar o sorteio das quartas de final da Copa do Brasil. O Rubro-Negro havia acionado o Superior Tribunal de Justiça Desportiva na última quarta-feira (20) para tentar reverter os mandos de campo e decidir em casa o confronto contra o Athletico-PR.

O Flamengo, no entanto, reiterou que entende que houve um erro que o prejudica, mas pela boa relação com o novo presidente da CBF, Ednaldo Rodrigues, decidiu desistir da ação.

– Embora o Flamengo não concorde com a possibilidade de um sorteio sofrer ajustes que interfiram em seu resultado e entenda que o presente processo encerra uma postulação juridicamente correta e justa, o clube prefere nesse momento dar um voto de confiança à nova gestão da CBF, esperando que no futuro os processos sejam mais transparentes e legítimos – ponderou o clube da Gávea.

A diretoria do Flamengo reclamou de, no sorteio, ter tido a sua posição invertida antes da definição dos mandos. A CBF utiliza há alguns anos o critério de não deixar clubes da mesma cidade jogando a mesma perna da eliminatória no mesmo município. Com Flamengo e Fluminense classificados, um teria que abrir em casa e o outro decidir fora. Coube ao Tricolor fazer o jogo de volta no Maracanã.

O Rubro-Negro contestou esse critério por ele não estar previsto no regulamento da Copa do Brasil. Porém, a mesma regra já havia sido aplicada nas oitavas de final, quando o Fluminense teve que decidir fora de casa, com o Flamengo mandando a volta no Rio de Janeiro.

Clique aqui e veja a lista com as últimas notícias do Fluzão!



Por Explosão Tricolor / Fonte: Globo Esporte

E-mail para contato: explosao.tricolor@gmail.com

PUBLICIDADE