Caso Diego Souza: Justiça rejeita recurso do Sport






Justiça mantém liminar favorável ao Fluminense

O caso envolvendo a venda do meia Diego Souza ganhou um novo capítulo nesta terça-feira (31). A 5ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro rejeitou um recurso impetrado pelo Sport Club do Recife e manteve a liminar que obrigou o São Paulo a pagar em juízo metade do valor da negociação do jogador de 33 anos.

Clique aqui para realizar sua inscrição no canal do Explosão Tricolor no YouTube!

A Justiça acolheu integralmente os argumentos do Fluminense e manteve o bloqueio de 50% do valor total da transferência (R$ 5 milhões) de Diego Souza, rejeitando as alegações do clube pernambucano.

O Fluminense obteve a liminar em fevereiro. Desde então, o São Paulo cumpriu a decisão judicial. Há parcelas a vencer ainda no dia 10 dos meses de setembro e novembro.




Ao ceder Diego Souza ao Sport em 2016, o Fluminense manteve 50% dos direitos econômicos do atleta, visando uma futura transferência. O clube pernambucano, entretanto, baseado em uma troca de e-mails feita por Marcelo Teixeira, dirigente da base do time das Laranjeiras, com Eduardo Uram, empresário do jogador, no fim de 2017, afirma que os cariocas só têm direito a R$ 1 milhão.

O caso ainda não tem uma solução definitiva. O processo ainda corre na Justiça do Rio.

CONFIRA TAMBÉM:

Saiba quantos ingressos já foram vendidos para Fluminense x Defensor

Com vínculo se encerrando no fim do ano, Pablo Dyego tem futuro definido pelo Fluminense

Fluminense acerta patrocínio até o fim do ano



Por Explosão Tricolor / Fonte: Globo Esporte

Siga-nos no Twitter e curta nossa página no Facebook

INSCREVA-SE no nosso canal do YouTube e acompanhe os nossos programas!

Entre em contato através do e-mail: explosao.tricolor@gmail.com

PUBLICIDADE