CBF reúne técnicos da Série A para discutirem mudanças




Ontem, na sede da CBF, foi realizado o 1º encontro dos técnicos da Série A, promovido pela própria entidade. O encontro teve como objetivo discutir os pontos positivos e negativos do calendário Brasileiro. Os treinadores ressaltaram as ideias de mudanças em relação às datas e a diminuição dos estaduais. Após o encontro, a CBF prometeu estudar as ideias e colocá-las em práticas.

– Jogamos setembro, outubro e metade de novembro com mais de um terço do Brasileiro nessas datas, com jogos de quarta e domingo. Aí temos datas livres no final de novembro e dezembro e também agora no começo competição, com jogos só no final de semana, e aí você enforca a competição nesse meses quando decide o campeonato. Acho que é uma falta de ajuste, pode ser melhor distribuído, mas é uma coisa que vai ser conversada. É legal porque foi o primeiro debate de nós técnicos com a CBF, e que vai se tornar uma rotina para a gente participar mais – disse Luxemburgo.

– Melhorou muito, o calendário avançou. Eu acho que ainda é incipiente, insuficiente, mas só o fato de ter três semanas, 18 dias, para trabalhar no início da temporada, em anos anteriores tínhamos cinco, seis, sete dias, isso já é um avanço. Mas passa também por distribuir melhor as datas para o Campeonato Brasileiro, que tem que ser prioritário. Os campeonatos regionais precisam ser sintetizados, acho que ele é importante, é a formação, a raíz do nosso futebol, mas hoje ele precisa passar por uma reforma em termos de data, para que o Brasileiro possa ser disputado por 20 clubes de uma forma mais confortável, respeitando a geografia do Brasil – opinou Oswaldo de Oliveira.

Por: Explosão Tricolor / Fonte: ESPN / Foto: Rafael Ribeiro

PUBLICIDADE