Cinco motivos para elogiar o início do Drubscky




O leitor mais impulsivo, nem clicará no link para ler este texto. 

Provavelmente, verá a imagem, lerá o título e não pensará duas vezes…

Digitará nos comentários que sou iludido, maluco, pobre coitado, não entende nada, ainda é muito cedo e etc…

Meus amigos e minhas amigas, é óbvio que ainda é muito cedo para avaliar o Ricardo Drubscky.

Ouso dizer, que independentemente do desfecho do Estadual (eliminação ou título), também não estaremos com base para avaliar o trabalho dele.

Na minha visão, só poderemos começar a avaliar o trabalho do cara, lá pela quinta rodada do Brasileirão. E olhe lá…

Só que é o seguinte: não podemos deixar de mencionar alguns pontos positivos que ele mostrou nestes primeiros dias.

Segue abaixo, uma pequena lista de algumas decisões que ele tomou desde que chegou:

1 – Reintegrou o Ronan e o Martinuccio aos treinamentos com o restante do elenco;  

2 – Mostrou inteligência ao manter a formação ideal para o duelo contra a Cabofriense;

3 – Foi bastante coerente nas substituições no jogo. Walter no lugar do Fred, Vinicius no lugar do Wagner e Lucas Gomes no lugar do Kenedy;

4 – Ainda sobre as substituições, ele simplesmente colocou os reservas que mais se assemelham aos titulares e, consequentemente, não mudou a estrutura tática do time; e

5 – No treino de sábado, trocou o famoso rachão por treino de aprimoramento técnico.

Diante deste cenário inicial, só posso dizer uma coisa: continue assim, Ricardo Drubscky!

Não sei qual será o final da história do nosso novo treinador, mas não posso deixar de elogiá-lo pelas boas ações que ele tomou nestes primeiros dias.

Pode ser que depois do jogo contra o Barra Mansa, eu apareça aqui para criticá-lo por algum erro. Mas fiz questão de deixar registrado que estou satisfeito com as primeiras ações dele, pois não podemos julgar somente pelo resultado.

Que a coerência seja mantida em todos os sentidos. E que o elenco facilite as coisas para ele, pois sabemos que tem uma rapaziada ali que é bastante mimada e cheia de “não me toques”.

No mais, vamos pra dentro do Barra Mansa para depois dar um chocolate nas rubronecas em pleno domingo de Páscoa, afinal de contas, ganhar Fla x Flu é normal!

Saudações Tricolores!

Vinicius Toledo

Foto: Marcos Tristão / Agência O Globo

Siga-nos no Twitter e curta nossa página no Facebook

PUBLICIDADE