Coletiva completa de Nino: duelo contra o Athletico-PR, retorno de titulares, trabalho de Marcão, renovação de contrato e muito mais




Foto: Fluminense / Divulgação



Nino concedeu entrevista coletiva na tarde desta terça-feira

Após o treinamento da manhã desta terça-feira (15), o zagueiro Nino conversou com a imprensa no CT do Fluminense, na Barra da Tijuca. Confira abaixo a íntegra da entrevista coletiva do defensor:

Bom momento defensivo 

Nino: A gente fica muito feliz pelos jogos sem tomar gols. A gente vê uma mudança de mentalidade de todos. Não podemos atribuir isso só à zaga. Todos estão empenhados, se dedicam. Contamos com uma ótima fase do Muriel, com um ótimo sistema defensivo, a disposição dos caras da frente.

Mudanças constantes na zaga 

Nino: A gente prefere ter uma sequência, mas está acontecendo muito de mudar. Tenho uma ótima relação com todos eles, todos agregam ao meu jogo. Frazan é um cara muito seguro, de imposição. Me deixa tranquilo para jogar. Ele entra em momentos difíceis e dá a resposta, faz um bom trabalho. Fico feliz pelo bom trabalho dele, mas triste por o Digão estar saindo do time, que é um cara com uma liderança muito boa.

Duelo contra o Athletico-PR

Nino: Enfrentamos adversários diretos, sabíamos que era importante e definiria nossa briga no campeonato. O Athletico é um time que está organizado há muito tempo, faz um trabalho muito bom desde o ano passado. Tem jogadores de qualidade.

Retorno de titulares

Nino: Ficamos felizes de contar com os jogadores que estavam fora. Allan e Caio voltam da Seleção, Yuri e Ganso voltam de suspensão. Precisamos de todos, porque a sequência será difícil. Queremos continuar com os bons resultados.

Trabalho de Marcão

Nino: A história do Marcão mostra o amor que ele tem pelo Fluminense. Desde que começou o trabalho, sempre foi muito próximo e ajudou muito. Vemos nele um amigo. Podemos contar com ele, trata todos da mesma forma. Quero agradecer pela oportunidade de trabalhar com ele. A gente fala muito da importância do Marcão, que realmente tem mudado o nosso ambiente. Mas também quero chamar a importância para o trabalho do Diniz. Seríamos injustos se não dessemos esse crédito. E acho que isso não diminui os méritos do Marcão, que mudou o nosso jeito de jogar. Espero ficar muito mais jogos sem sofrer.

Redução do risco de rebaixamento

Nino: Assim como não queríamos nos apegar quando estava em 78%, não vamos fazer agora. Precisamos pontuar, vencer. A gente sonha, quer algo mais. Para conquistar grandes coisas, temos que continuar com essa mentalidade.

Importância de Muriel

Nino: Não dá para não falar do fora de campo. Ele mudou o nosso ambiente. Está sempre para cima, ajudando os outros. Dentro de campo ele ajuda muito, mas vem sendo tão importante quanto fora de campo. Além do grande goleiro, a gente vê um cara que nos representa também fora. Nos passa muita segurança. Somos uma família e confiamos um no outro. Futebol vai muito além do campo. É como o Diniz falou: futebol também são vidas, são pessoas que vão além do campo. O Muriel nos ajuda muito nisso também.

Críticas ao calendário

Nino: Se o jogador está na seleção é porque representa muito o seu clube. Temos três jogadores que nos desfalcaram por isso. A data fifa parar o campeonato é algo que tem que ser revisto. É algo que nos incomoda, porque ao mesmo tempo em que temos esse sonho, deixamos o clube na mão. Se nos unirmos por essa causa, teremos essa paralisação. É melhor para o campeonato, para os clubes, para os jogadores e para a seleção, que sempre terá os melhores.

Chance na seleção brasileira olímpica

Nino: Soube por algumas pessoas que estava sendo sondado. Fico feliz pelo Allan e pelo Caio, que merecem. Tenho essa expectativa, mas sei que isso só acontece pelo meio trabalho pelo Fluminense. Por isso, continuo com o foco aqui e espero pela minha oportunidade

Clique aqui e veja a lista com as últimas notícias do Fluzão!



Por Explosão Tricolor

E-mail para contato: explosao.tricolor@gmail.com

PUBLICIDADE