Colunistas do UOL Esporte apontam três times com chances reais no Campeonato Brasileiro




Nino (Foto: Cesar Greco / Palmeiras)



O Campeonato Brasileiro tem na 16ª rodada a distância de apenas três pontos do líder Palmeiras para o sexto colocado, que é o Athletico-PR. A diferença curta entre tantos times é a menor desde que a competição passou a ser disputada no sistema de pontos corridos, com a equipe comandada por Abel Ferreira tendo a menor pontuação nesta altura da competição.

No UOL News Esporte, Milly Lacombe afirmou que, dentre os primeiros nove colocados do Brasileirão [na ordem, Palmeiras, Corinthians, Internacional, Atlético-MG, Fluminense, Athletico-PR, São Paulo, Santos e Flamengo], vê apenas os dois primeiros Palmeiras e Corinthians, além do Fluminense com chances reais de título no momento.

“Eu acho que o Palmeiras tem, o Fluminense tem, o Corinthians tem chance real de título e eu pararia nesses três agora. É claro que a gente sempre dá opinião com o que a gente tem disponível no momento, então o que eu estou vendo hoje são esses três times. Flamengo e Galo podem dar uma virada na situação, ainda porque o Flamengo vai ter reforços, mas hoje eu ficaria com esses três times”, diz Milly.

Rodrigo Coutinho ainda coloca o Palmeiras como o principal favorito e destaca que o calendário pode pesar a favor do Fluminense, enquanto o Corinthians já demonstrou que o elenco pode dificultar a briga até o final da competição.

(CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE)



“Para mim quem tem mais chance de título é o Palmeiras e eu coloco no segundo ponto o Fluminense, com mais chance de título no Campeonato Brasileiro. Acho que o Corinthians pode ter problema à media que as outras competições forem avançando pela questão do elenco. já teve uma demonstração disso nas últimas semanas e para disputar título isso é complicado”, diz Coutinho.

“O Fluminense por não ter uma competição sul-americana, estar em um âmbito mais nacional, a viagem mais longa que pode fazer até o final da temporada é viajar para o Ceará, que não é uma coisa absurda”, completa.

O colunista do UOL destaca que há vários fatores que influenciam a disputa pelo título, como o deslocamento menor e as semanas para trabalhar no caso do Fluminense, mas ressalta que em meio a um calendário caótico, o nível da competição não está baixo.

“Durante muito tempo meio que achincalhou o Campeonato Brasileiro, ‘esse campeonato tem um nível muito fraco, é nivelado por baixo’. E há algum tempo eu não venho concordando com isso, nas últimas edições do Brasileiro, a de 2020 foi realmente mais fraca, mas 2019, 2021 um pouco melhor e 2022 também, não que seja o melhor campeonato do mundo, mas dentro daquilo que o Brasil é economicamente no mundo do futebol, se pegar o nosso campeonato, eu não tenho dúvida que está entre os 5 ou 6 melhores do mundo ali nesse ponto porque é muito competitivo”, analisa.

“É o campeonato mais disputado dos últimos anos e é um campeonato espremido demais, o calendário do futebol brasileiro já é absurdo e tirou basicamente um mês. É uma insanidade cobrar que todo jogo a equipe vá bem e tenha um grande desempenho. Se tivesse que apostar, esse campeonato vai ser decidido na última rodada”, conclui.

Clique aqui e veja a lista com as últimas notícias do Fluzão!



Por Explosão Tricolor

E-mail para contato: explosao.tricolor@gmail.com

PUBLICIDADE