Darío Conca, da idolatria à decepção




site
Hoje o vice-presidente de futebol do Fluminense, Mário Bittencourt demonstrou mágoa com o meia Darío Conca, pela forma como se deu a sua saída. Acho que o que foi dito representa o sentimento de muitos tricolores. Eu como tricolor, me vejo na mesma situação, nesse momento falo com decepção sobre o destino que se deu em relação a toda idolatria ao Argentino.

A melhor maneira de conhecer alguém é através do agradecimento, do gesto simplista de consideração, a gratidão espontânea. A ingratidão sempre está presente nos egoístas, indivíduos que olham só para os seus interesses e necessidades, desprezando as necessidades alheias.

PUBLICIDADE