Defesa tricolor causa pânico com média elevada de gols sofridos na “Era Drubscky”




A defesa tricolor está causando pânico nesse início de Campeonato Brasileiro. Na primeira vez que o sistema defensivo foi realmente testado, erros de posicionamento, na bola parada e na cobertura permitiram ao Atlético-MG chegar facilmente à goleada por 4 a 1, domingo, em Brasília. Drubscky tem grande preocupação com a defesa. Na estreia contra o Joinville, Drubscky escalou o time com três volantes para liberar os laterais. Infelizmente, a tática não deu certo contra o Galo. A média de gols sofridos pelo Fluminense, sob o comando de Drubscky, já chega a 1,62 por jogo. São 13 em oito partidas. Em nível de comparação, a defesa do Palmeiras, a pior da Série A em 2014, teve média de 1,55 a cada 90 minutos.

Por Explosão Tricolor / Fonte: O DIA / Foto: Fluminense F.C.

PUBLICIDADE