Dívida do Flu aumentou de 2011 até 2014




A gestão do presidente Peter Siemsen viu a dívida aumentar de 2011 (ano em que a atual administração assumiu) até 2014. Tal informação chama atenção pelo fato do clube ter tido um considerável aumento de receita nas cotas de TV, aumento na verba anual da fornecedora de material esportivo e vendas de jogadores importantes, como por exemplo, o Conca, que foi vendido duas vezes pela atual Diretoria.

O líder das dívidas agora é o Botafogo, que passou de R$ 698,8 milhões para R$ 845,5 milhões, ultrapassando o Flamengo, em segundo. Aliás, os quatro grandes clubes do Rio continuam encabeçando a lista dos cinco maiores devedores, na companhia do Atlético-MG, quarto colocado, com R$ 486,6 milhões. O Vasco é o terceiro, com R$ 596,4 milhões, e o Flu ocupa a quinta posição, com R$ 439,6 milhões.

– O Botafogo tem a situação mais trágica. Vai ter que fazer o mesmo trabalho do Flamengo. O passivo trabalhista e fiscal é muito grave. Precisa fazer um plano a longo prazo – alertou o consultor, lembrando que, se os cariocas ainda se mantêm entre os primeiros em dívidas, hoje já têm companhia próxima de clubes como Grêmio, Santos e São Paulo, que estão se aproximando.

info-5-maiores-dividas-2014_b

info-dividas-2014_b

Por Explosão Tricolor / Fonte: GloboEsporte.com

PUBLICIDADE