Finanças: Contas apertadas fazem Fluminense ter desafio às avessas na janela do mercado






Além das contratações de Alan e Marrony, o Fluminense deve ter mais movimentações nesta janela de transferências. A bola da vez parece ser Nino, que foi contatado pelo Fenerbahçe (TUR) a pedido de Jorge Jesus, que deseja a contratação. Em contrapartida, o Tricolor segue tentando manter alguns jogadores e já recusou propostas por Moleques de Xerém.

Por Nino, o Fenerbahçe deve oferecer entre 4 e 5 milhões de euros (entre R$21 e R$27 milhões). A quantia é considerada baixa e o Flu ainda não recebeu a proposta formal, que deve ocorrer nos próximos dias. Embora o zagueiro seja titular absoluto, o clube já divulgou que precisa vender outros jogadores além de Luiz Henrique para garantir entre R$100 E R$120 milhões por transferências.

Ainda não se sabe se Nino encerrará a temporada no Flu. Contudo, há casos que vão no sentido contrário. Matheus Martins, por exemplo, recebeu propostas da Udinese (ITA), de 5 milhões de euros (R$ 27 milhões), e Lokomotiv (RUS), de 6,5 milhões de euros (R$ 35 milhões). O clube, porém, achou os valores baixos e acredita que o atleta ainda irá se valorizar, visto que tem conquistado espaço na equipe principal.

(CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE)



Outro jogador a ser sondado foi Martinelli. Em junho, o volante recebeu uma proposta do Al Ahli (SAU), que ofereceu 5 milhões de euros (R$ 25,6 milhões na época). Apesar de não ser titular, Diniz conta com o jogador para compor o elenco, pelo menos até o fim da temporada de 2022. A multa rescisória do atleta é de 40 milhões de euros (R$ 205,8 milhões).

Destaque no meio, André foi mais um do elenco que conseguiu ser mantido. Em junho, o Fluminense renovou com o volante até o fim de 2024. Yago Felipe, que se tornou importante para a composição do elenco, também teve o vínculo renovado.

Apesar de estar conseguindo manter alguns jogadores, há a certeza de que a situação financeira se agravará caso não haja transferências até o fim do ano. Os salários referentes a junho, por exemplo, estão atrasados. A situação de aperto já havia ocorrido antes e foi resolvida também pela venda de Luiz Henrique para o Real Bétis (ESP).

Clique aqui e veja a lista com as últimas notícias do Fluzão!



Por Explosão Tricolor / Fonte: LANCE!

E-mail para contato: explosao.tricolor@gmail.com

PUBLICIDADE