Fluminense divulga balancete referente ao terceiro trimestre de 2021; dívida total sofre pequeno aumento




Foto: Lucas Merçon / Fluminense F.C.



Nesta quarta-feira (01), o Fluminense divulgou o balancete referente ao terceiro trimestre de 2021 (julho a setembro). De acordo com o documento, a dívida total do clube sofreu um pequeno aumento de R$ 728.704.330,00 para R$ 730.893.148,00. Vale lembrar que, no segundo trimestre (abril a junho), o Tricolor abateu a dívida em R$ 45 milhões, através de pagamentos, renegociações e acordos judiciais.

Vale ressaltar que o terceiro trimestre foi o período em que o Fluminense recebeu a maior parte das vendas de Kayky e Metinho para o Manchester City, da Inglaterra, e Troyes, da França, respectivamente, o que fez o clube triplicar o faturamento com repasse de direitos federativos de R$ 36.144.041,00 para R$ 108.610.762,00. Tendo alcançado as quartas de final tanto na Libertadores quanto na Copa do Brasil, direitos de transmissão e premiações representaram cerca de R$ 20 milhões de aumento cada.

Já as despesas operacionais, que envolvem salários e encargos, viagens e custos de jogos, saltaram de R$ R$ 116.859.317,00 para R$ 191.660.895,00.

Com relação aos custos das unidades de negócios, o destaque negativo fica para os Esportes Olímpicos, que continuam no vermelho e aumentaram o déficit de R$ 4.490.526,00, entre abril e junho, para R$ 7.039.627,00.

Terceiro trimestre de 2021 fechou com R$ 40,3 milhões de superávit — Foto: Reprodução

Futebol profissional, Xerém e sede social deram lucro, e esportes olímpicos, prejuízo — Foto: Reprodução

Clique aqui e veja a lista com as últimas notícias do Fluzão!



Por Explosão Tricolor

E-mail para contato: explosao.tricolor@gmail.com

PUBLICIDADE