Fluminense mantém conversas com o atacante Alan, diz site






Moleque de Xerém está livre no mercado

Atento ao mercado, o Fluminense estuda contratar o atacante Alan, de 32 anos, que está livre no mercado desde fevereiro, quando teve o contrato rescindido pelo Guangzhou, da China. Segundo informações do site NetFlu, o Tricolor das Laranjeiras já abriu conversas com o jogador.

Ainda de acordo com a publicação, o Fluminense quer ouvir do atleta quais são as suas pretensões para a sequência da carreira, tanto na parte esportiva quanto financeira.

Em dezembro do ano passado, Alan chegou a ser especulado no Fluminense. Na época, o presidente Mário Bittencourt comentou sobre a possibilidade de o atacante retornar às Laranjeiras. O mandatário tricolor admitiu o interesse em repatriar o jogador, mas apontou o vínculo do atleta com o Guangzhou como um impeditivo.

– O Alan é um jogador que subiu comigo aqui. Eu era gerente de futebol de 2009 para 2010. Foi na arrancada de 2009 que nos conhecemos. Temos uma relação excelente. Sempre que nos falamos ele manifestou o desejo de um dia voltar. Ele continua com esse desejo. Mas não é verdade que ele está livre. Ele tem contrato até o fim de 2023. E o que ele diz que um dia ficando livre lá ele tem interesse de retornar para a casa dele, que é o Fluminense. E nós temos o interesse que ele volte. Assim como temos interesse em outros jogadores, como o Marcelo e o Thiago Silva. Mas o Alan não está livre. Nossa diretoria chegou a bater um papo com ele. Mas no momento não tem nada encaminhado porque ele tem vínculo com o clube na China – disse Mário Bittencourt.

Alan também não esconde o desejo de voltar a vestir a camisa do Fluminense, clube que o revelou para o futebol. Em entrevista concedida em maio de 2020, o moleque de Xerém afirmou que o Tricolor teria prioridade em seu possível retorno ao Brasil.

– É difícil falar de voltar ao Brasil nesse momento. Mas, caso acontecesse, sem sombra de dúvidas a minha primeira opção seria o Fluminense. É o clube que me abriu as portas, que me projetou para o futebol, então é o clube pelo qual eu tenho o maior respeito. Se um dia eu voltar ao país e o Fluminense me quiser, ficaria muito feliz – disse Alan.

Cria de Xerém, Alan deixou o Fluminense em 2010, quando foi negociado em definitivo com o Red Bull Salzburg, da Áustria. Na época, a transferência do atacante rendeu 3,5 milhões de euros aos cofres do Tricolor.

Clique aqui e veja a lista com as últimas notícias do Fluzão!



Por Explosão Tricolor

E-mail para contato: explosao.tricolor@gmail.com

PUBLICIDADE