Fluminense reformula departamento comercial






Departamento comercial sofreu mudanças

Sem apresentar resultados satisfatórios há tempos, o Fluminense reformulou o seu departamento comercial. Além do novo vice-presidente da pasta, o jornalista e publicitário Edilson Silva, o clube realizou outras modificação na referida área. Já com a nova equipe, o Tricolor mantém conversas para, enfim, voltar a ter um patrocinador master, segundo informação do jornalista Caio Blois, do portal UOL Esporte.

No ano passado, o presidente Mário Bittencourt não realizou modificações na pasta, mantendo a equipe abaixo do vice-presidente Ronaldo Barcellos, um dos únicos dois que seguiram no clube após o fim da gestão Pedro Abad, em junho de 2019. Além dos resultados ruins, o dirigente pediu renúncia após ter os bens pessoais bloqueados pela Procuradoria Geral da Fazenda Nacional (PGFN) por dívida de mais de R$ 300 milhões com a União por não pagar impostos, e deixou o cargo.

Primeiro abaixo de Barcellos no organograma do departamento, o gerente Eduardo Roizman segue no clube, e passou a tratar de licenciamentos — rubrica que registrou aumento de receitas em 2020. Em seu lugar, mas como diretora, o Fluminense agora tem Helen Medeiros, antes chefe do setor de compras.

Contratações

O Fluminense contratou os seguintes executivos para o departamento comercial: Guilherme Breder — que deixou a Play9, empresa de mídia de Felipe Neto; João Pedro Paes Leme; Marcus Vinicius Freire, ex-CEO do clube; Celson Ávila, ex-Volta Redonda; e André Luiz, que saiu da Sportplus, empresa de marketing esportivo que detém clientes como o Campeonato Carioca.

A expectativa tricolor é a de angariar mais parceiros e ter um patrocínio master em 2021. Desde 2018, com a saída da Valle Express — em acordo que virou dívida e processo judicial na gestão Abad, já com Ronaldo Barcellos na vice-presidência —, o Fluminense não tem nenhuma empresa estampada no espaço mais nobre de sua camisa.

Grupo D – Copa Libertadores (ative a rotação automática do celular para ver a tabela completa)

TIMES P J V E D GP GC SG %
1 River Plate River Plate 1 1 0 1 0 1 1 0 33
2 Independiente Santa Fe Ind. Santa Fe 1 1 0 1 0 1 1 0 33
3 Fluminense Fluminense 1 1 0 1 0 1 1 0 33
4 Junior Barranquilla Jr. Barranquilla 1 1 0 1 0 1 1 0 33

Agenda tricolor na Copa Libertadores 2021

1ª rodada

22/04 – Quinta-feira – 19h – Fluminense 1 x 1 River Plate – Maracanã – Rio de Janeiro (RJ)

2ª rodada

28/04 – Quarta-feira – 21h – Independiente Santa Fé x Fluminense – Estádio Metropolitano de Techo – Bogotá (COL)

3ª rodada

06/05 – Quinta-feira – 19h – Junior Barranquilla x Fluminense – Estádio Romelio Martínez – Barranquilla (COL)

4ª rodada

12/05 – Quarta-feira  – 21h – Fluminense x Independiente Santa Fé – Maracanã – Rio de Janeiro (RJ)

5ª rodada

18/05 – Terça-feira  – 21h30 – Fluminense x Junior Barranquilla – Maracanã – Rio de Janeiro (RJ)

6ª rodada

25/05 – Terça-feira  – 19h15 – River Plate x Fluminense – Estádio Monumental de Núñez – Buenos Aires (ARG)

Por Explosão Tricolor / Fonte: UOL

E-mail para contato: explosao.tricolor@gmail.com

PUBLICIDADE