Fluminense tenta segurar Fred e usa plano de carreira




Sem sucesso para segurar Darío Conca, o Fluminense não quer arriscar com Fred e já está preparando planos para manter o camisa 9 no clube. Nesta quinta-feira (22), Mário Bittencourt e Francis Melo, empresário de Fred, se reunirão mais uma vez nos Estados Unidos para decidir o futuro do atacante.

A oferta, de acordo com o clube e com o próprio jogador, é fora dos padrões brasileiros e a única opção para Fred ficar seria um acordo entre as partes envolvidas e um plano de carreira, com contrato de pelo menos 3 anos e aumento de salário.

– Já tive duas reuniões com um dos representantes do Fred e terei a terceira hoje à noite. Nossa ideia é a mesma que tivemos em relação ao Conca, ou seja, fazer uma proposta dentro de nossas possibilidades para ele permanecer conosco. Esse é o nosso desejo – disse o vice de futebol Mário Bittencourt ao GloboEsporte.com.

O tempo de contrato é até o fim desse ano e a preocupação da diretoria tricolor é a possível assinatura de pré-contrato com outro clube, quando faltarem 6 meses para o fim do contrato. A idade do camisa 9 (31 anos) também é considerada.

A dívida de cerca de R$ 4 milhões do Fluminense com Fred também entra em negociação. O débito pode virar moeda de troca em caso de saída do atacante do clube. Dono de 20% dos direitos econômicos do camisa 9, o Tricolor não consegue quitá-lo e considera descontar o valor da parte que detém em uma futura negociação para repassar ao jogador. A Unimed, patrocinadora do clube, é dona dos outros 80%.

Celso Barros não pressiona para que o atacante deixe o clube, visto que perderia dinheiro. Em 2012, Celso pagou R$ 12 milhões pela renovação.

Por Explosão Tricolor / Fonte: Globoesporte.com / Foto: Photocamera

Siga-nos no Twitter e curta nossa página no Facebook

PUBLICIDADE