Gerson: “Só perde quem bate”




Na primeira temporada como titulares no profissional, as jóias de Xerém, Kenedy e Gérson, perderam pênaltis na semi do Carioca, mas engana-se quem pensa que isso os abateu. Os meninos mostraram maturidade para aprender com o erro e focar no título brasileiro.

-Só perde quem bate. A gente estava bem confiante, pedimos ao professor para bater. Acontece. Tem um goleiro do outro lado, um bom goleiro, o Renan. Perdemos, a torcida chiou, mas é o futebol. A gente já tem que ir acostumando com isso, nem sempre virão só aplausos, como na vida. Nem sempre vamos estar por cima, e quando estivermos por baixo temos que saber suportar. A gente ficou muito triste, queríamos fazer o gol, claro, mas aconteceu e já estamos de cabeça erguida pensando no Brasileiro. Agora é compensar o que nós erramos no Brasileiro e levar o Fluminense à Libertadores e ao título – disse o meia Gérson.

Kenedy também comentou o ocorrido e mostrou otimismo. E reafirmou a amizade entre os dois.

-Ajuda muito. Quando eu perdi o pênalti, ele (Gérson) veio falar comigo e a mesma coisa quando ele perdeu. Acontece. A gente estava confiante, nos treinos fui bem. Na vida nem sempre são flores. Perdemos, a torcida reclamou, mas foram poucos. Agora é trabalhar o que a gente errou no Carioca e usar como experiência no Brasileiro para buscar o título para o Fluminense – disse.

Por Explosão Tricolor / Fonte: Rádio Globo  / Foto: Gazeta Press

PUBLICIDADE