Grande momento do Fluminense na temporada




Willian Bigode (FOTO DE MARCELO GONÇALVES / FLUMINENSE FC)



Baita vitória do Fluminense sobre o Goiás. O time não teve uma boa atuação? Não, não teve. Porém, a rapaziada em nenhum momento foi omissa. Lutaram até o fim e venceram.

O jogo foi totalmente aberto, os dois times criaram chances reais, mas o Goiás foi superior, em especial, no segundo tempo. Com uma intensa marcação alta, os goianos dificultaram bastante a vida do Tricolor.

Um ponto que merece ser ressaltado é a questão física. Jogadores como o Ganso e Jhon Arias estão visivelmente cansados. Com jogos de três em três dias, é impossível não sentir o desgaste. Certamente, o Fernando Diniz vai ser obrigado a rodar mais elenco a partir do jogo contra o Red Bull Bragantino. Vale lembrar que jogo de ida contra o Fortaleza, pela Copa do Brasil, será na semana que vem.

Voltando ao jogo contra o Goiás, a atuação do Fluminense realmente não das melhores, entretanto, mostrou alguns pontos positivos. Primeiramente, a qualidade apareceu logo depois do gol da virada goiana.  E o que é melhor: em dose dupla. Germán Cano e Willian Bigode resolveram a parada em seis minutos. Em relação ao argentino, nenhuma novidade. O hermano é o cara.

Já o Willian Bigode, verdade seja dita: estava precisando aparecer. Em sete meses, ele não vingou. Essa é a verdade. No entanto, o cara finalmente apareceu em grande estilo. Um golaço que garantiu a vitória de virada em Goiânia. Após o apito final, ele concedeu uma emocionante entrevista. Bacana! O que também me chamou atenção é a reação do elenco. A união está escancarada. Graças a Deus!

Por último, não tem como não falar do Fernando Diniz. O comandante está com o grupo na mão. Ele levando o Willian Bigode para saudar a torcida no final do jogo foi espetacular. Impossível não ficar arrepiado.

Grande momento do Fluminense na temporada, grande mesmo. A torcida lotando os setores de visitantes nos últimos jogos fora do Rio é a maior prova de que o caminho está certo.

Curtinhas:

– Manoel falhou no primeiro gol, mas ele segue gigante na zaga.

– A coisa complicou para o Felipe Melo na hora de correr… pelo ritmo que o jogo estava, achei um erro do Diniz colocar o camisa 52 em campo.

– Domingo é para lotar Volta Redonda!

– Siga-me no Twitter através do perfil @ViniFLU18

Forte abraço e ST

Vinicius Toledo



PUBLICIDADE