Incômodos jejuns




Fluminense (FOTO: LUCAS MERÇON / FLUMINENSE F.C.)



Fluminense busca o seu 32º título carioca

Amanhã (15), às 21h (de Brasília), o Fluminense enfrentará o Flamengo, no Maracanã, pelo segundo jogo da final do Campeonato Carioca 2020. E o Tricolor terá a oportunidade de encerrar com dois incômodos jejuns.

O primeiro jejum é o de não conquistar o título carioca desde 2012. De lá para cá, o time de guerreiros foi apenas vice-campeão, na edição de 2017. Na ocasião, o Fluminense perdeu para o Flamengo.

Outro jejum que incomoda é o fato de que o último título conquistado em uma competição oficial, ou seja, reconhecida pela CBF, ocorreu no dia 11 novembro quando Fluminense conquistou o tetracampeonato brasileiro. Vale lembrar que o Tricolor conquistou a Copa da Primeira Liga 2016, que contou contou com dez clubes da Série A, mas que não era reconhecida pela CBF.

Já o último jejum é o maior de todos: há 15 anos, o Fluminense não levanta um campeonato no Maracanã. A última vez foi contra o Volta Redonda, na decisão do Campeonato Carioca de 2005. Ao longo dos últimos 15 anos, o Tricolor até teve algumas oportunidades de conquistar títulos expressivos no estádio (finais da Taça Libertadores 2008 e Copa Sul-Americana 2009).

É importante ressaltar que a matéria não contabilizou Taça Guanabara e Taça Rio pelo fato de serem conquistas simbólicas.

Os jejuns incomodam, mas ao mesmo tempo servem de estímulo para o Fluminense buscar o seu 32º título carioca. Fé no Flu!

Situação da final

Após a derrota no primeiro jogo pelo placar de 2 a 1, realizado no último domingo, o Fluminense necessita vencer o Flamengo por dois gols de diferença para conquistar o seu 32º título carioca. Caso vença por um gol diferença, o título será decidido através de disputa de pênaltis. Os rubro-negros terão a vantagem do empate.

O decisivo clássico terá transmissão ao vivo do canal SBT, que adquiriu os direitos de transmissão do segundo jogo do Campeonato Carioca.

Clique aqui e veja a lista com as últimas notícias do Fluzão!



Por Explosão Tricolor

E-mail para contato: explosao.tricolor@gmail.com

PUBLICIDADE