“Irá renovar”




Marcos Paulo (Foto: Reprodução / FluTV)

Na última semana, recebemos a confirmação de algo que já estava se desenhando há alguns meses: Marcos Paulo não renovará com o Fluminense. A notícia acabou ficando de lado, naturalmente, após a bela vitória diante do Flamengo — imagine como estaria a situação nos bastidores agora caso a virada não tivesse acontecido. Mesmo assim, a gente não pode esquecer de que perderemos um jogador com uma multa rescisória para times europeus de quase R$ 300 milhões por um trocado. Isso se tivermos sorte em negociá-lo.

Uma tragédia? Sim, e das grandes. Ou melhor, das bem caras. Marcos Paulo poderia, com o pé nas costas, se tornar a maior venda da história do clube por conta de todos os seus predicados dentro de campo (meia-atacante, habilidoso, com jogos pelo profissional e convocações) e fora dele (jovem, com passaporte europeu).

Mas não vai ser assim. E é importante ser destacado que esse é um caso tão pavoroso financeiramente que, na verdade, o ideal não seria dizer que o Tricolor poderá não receber nada por ele. Mas sim que o clube poderá rasgar uma boa grana, seja por ter acreditado em palavras vazias ou de não ter conseguido oferecer um projeto sólido para oferecer ao jovem.

A culpa é somente do clube das Laranjeiras? Claro que não! Ainda que tenha demorado para iniciar as conversas com a promessa — ao menos não foi noticiado nada em relação ao tema antes de 2020 —, a diretoria não pode obrigar o jogador a renovar o contrato, independentemente do valor que ofereça. Para o vínculo ser assinado, depende das duas partes. Se o Marcos Paulo quisesse, poderia muito bem renovar por mais dois, três anos apenas para ser vendido, ainda que fosse nesta janela, gerando um valor maior ao Fluminense. Qualquer quantia, pois o risco do camisa 11 sair de graça é enorme.

O jogador preferiu não seguir esse caminho. Todo atleta ambicioso quer ir para a Europa jogar com os melhores e ganhar rios de dinheiro por lá, porém, alguns fazem escolhas duvidosas para atingir esse fim. Veja o caso do Pedro, derrotado no Fla-Flu: na ânsia de sair, escolheu mal o aquipe europeia e já está aqui no Brasil, de novo no banco de reservas, assim como esteve durante algumas partidas enquanto o garoto João Pedro esteve em alta com a nossa camisa.

O Marcos Paulo quer apenas o bem da família dele. Tem o direito de jogar onde quiser a partir de julho. Assim como os empresários têm o direito de querer ganhar dinheiro em cima dele. Eu só acho uma pena sermos obrigados a torcer para que ele seja vendido quanto antes Enfim, é muito pouco para quem tem um potencial tão grande.

Para encerrar, as palavras do nosso presidente no dia 7 de agosto de 2020:

“Temos uma relação muito boa com o jogador e o estafe. Ele tem uma gratidão enorme ao Fluminense e sempre reforça nos nossos encontros que jamais sairá daqui sem que o Flu seja recompensado. Dependo dele renovar o contrato. Ele pode não querer, outros jogadores já fizeram isso para sair de graça, isso acontece. Mas estou fazendo uma defesa dele e dos empresários que dizem que se não fizermos a venda ele irá renovar.”

Curtinhas:

Amanhã os nossos moleques do sub-17 entrarão em campo contra o Atlético-MG pelo jogo de volta das quartas da Copa do Brasil da categoria. Já que não teremos Fluminense no profissional, teremos na base.

Ainda tenho a esperança de que o Martinelli vai voltar ao time titular nesta temporada. Talvez seja apenas uma ilusão…

Na torcida também para John Kennedy ou Samuel serem relacionados contra o Corinthians. Com o Cardoso de fora, o caminho está livre.

Qual será o Tricolor de quarta-feira (13)? O do primeiro ou o do segundo tempo do Fla-Flu?

Saudações Tricolores, galera!

Carlos Vinícius Magalhães

Brasileirão da Série A: relação de jogos da 29ª rodada

Sábado (09/01)

19h

Sport 0x1 Palmeiras – Ilha do Retiro

Coritiba 0x0 Athletico-PR – Couto Pereira

21h

Fortaleza 0x0 Grêmio – Arena Castelão

Domingo (10/01)

16h

Flamengo 0x2 Ceará – Maracanã

São Paulo 0x1 Santos – Morumbi

18h15

Internacional 1×0 Goiás – Beira-Rio

Atlético-GO 1×1 Bahia – Antonio Accioly

20h30

Vasco da Gama 3×0 Botafogo – São Januário

Segunda-Feira (11/01)

20h

Red Bull Bragantino x Atlético-MG – Nabi Abi Chedid

Quarta-feira (13/01)

21h30

Corinthians x Fluminense – Neo Química Arena

Tabela de classificação (ative a rotação automática do celular para ver a tabela completa)

TIMES P J V E D GP GC SG %
1 São Paulo São Paulo 56 29 16 8 5 49 27 22 64
2 Internacional Internacional 53 29 15 8 6 44 26 18 60
3 Atlético-MG Atlético-MG 49 27 15 4 8 46 34 12 60
4 Flamengo Flamengo 49 28 14 7 7 47 39 8 58
5 Grêmio Grêmio 49 28 12 13 3 37 23 14 58
6 Palmeiras Palmeiras 47 27 13 8 6 38 25 13 58
7 Fluminense Fluminense 43 28 12 7 9 39 32 7 51
8 Santos Santos 42 28 11 9 8 39 35 4 50
9 Ceará Ceará 39 29 10 9 10 40 39 1 44
10 Corinthians Corinthians 39 27 10 9 8 30 30 0 48
11 Athletico-PR Athletico-PR 38 29 11 5 13 26 28 -2 43
12 Atlético Goianiense Atlético-GO 36 29 8 12 9 26 33 -7 41
13 Bragantino Bragantino 34 28 8 10 10 35 33 2 40
14 Sport Sport 32 29 9 5 15 24 37 -13 36
15 Vasco da Gama Vasco 32 28 8 8 12 29 39 -10 38
16 Fortaleza EC Fortaleza 32 29 7 11 11 24 26 -2 36
17 Bahia Bahia 29 29 8 5 16 35 51 -16 33
18 Goiás Goiás 26 29 6 8 15 29 44 -15 29
19 Botafogo Botafogo 23 29 4 11 14 25 44 -19 26
20 Coritiba Coritiba 22 29 5 7 17 22 39 -17 25

PUBLICIDADE