Na Justiça, Fluminense consegue homologação do plano de pagamento das dívidas trabalhistas




Foto: Nelson Perez / Fluminense F.C.



Decisão traz mais tranquilidade ao Fluminense para o pagamento das dívidas trabalhistas

A presidente do Tribunal Regional do Trabalho da Primeira Região, desembargadora Edith Maria Correa Tourinho, deferiu, na última terça-feira (05), o requerimento formulado pelo Fluminense para instauração de Regime Centralizado de Execuções. A decisão permite ao Tricolor organizar o pagamento das dívidas trabalhistas, afastando de vez a pressão das penhoras. Em fevereiro, o Tribunal de Justiça havia homologado o plano de pagamento referente às dívidas cíveis.

Com a homologação nas duas esferas (cível e trabalhista), caberá ao clube das Laranjeiras realizar depósitos mensais nos respectivos juízos centralizadores, destinando também um valor fixo anual para a liquidação gradativa do débito. Há ainda possibilidade de propor valor para a quitação antecipada da dívida àqueles que oferecerem maior desconto.

Em abril, o Fluminense iniciou o pagamento das parcelas, depositando-as em juízo. O repasse dos valores pelo juiz centralizador obedecerá a regra firmada entre o Fluminense e os advogados dos credores.

Clique aqui e veja a lista com as últimas notícias do Fluzão!



Por Explosão Tricolor

E-mail para contato: explosao.tricolor@gmail.com

PUBLICIDADE