Notas das atuações: Atlético-MG 2×1 Fluminense






Comentários e notas das atuações

Marcos Felipe

Realizou boas defesas. Sem culpa nos gols, inclusive, no segundo, o desvio no Wellington acabou sendo decisivo. Nota: 6,0

Samuel Xavier

Esteve bem na parte defensiva mesmo sendo bastante atacado. Buscou o apoio em algumas ocasiões, mas não conseguiu grande êxito. Nota: 5,5

Manoel

O zagueirão teve uma boa atuação. Além de ter cumprido bem com a sua missão de defender, ainda marcou o gol. Nota: 8,0

David Braz

Errou em um lance, mas teve mais uma boa atuação com vários cortes e antecipações. Nota: 7,0

Marlon

Deu o cruzamento para o gol do Manoel e esteve bem na defesa. Boa atuação. Nota: 7,0

André

Deu um bom chute de fora da área logo no início da partida, mas não esteve bem, porém, vale ressaltar que jogou fora de sua posição, ou seja, atuou de forma mais adiantada. Ele tem talento de sobra para jogar em posições mais avançadas no meio de campo, mas isso requer uma sequência de jogos. Nota: 4,5

Wellington

Fez o simples e não comprometeu. Nota: 5,0

Yago Felipe

Muita entrega na marcação, mas não conseguiu ajudar tanto na armação. Nota: 5,0

Luiz Henrique

Um dos mais talentosos do time, o garoto parece ter entrado com a missão de focar na recomposição e marcação. Ele ajudou bastante na parte defensiva, mas deixou a desejar no apoio (talvez pelo cansaço da entrega tática). Nota: 5,5

Fred

Chegou a finalizar com perigo no início do jogo e até buscou o jogo. Foi alvo principal da marcação adversária, que não aliviou nas faltas, inclusive, o Junior Alonso merecia ter sido expulso (levou o amarelo) em uma falta por trás. Depois do inexistente pênalti marcado contra o Fluminense, o capitão deu uma apagada. Nota: 5,0

Caio Paulista

Ajudou na recomposição e marcação, mas deixou muito a desejar no acabamento das jogadas. Nota: 4,0

Jhon Arias

Entrou na segunda etapa e deu uma boa movimentada pelo lado esquerdo. Nota: 5,5

Cazares

Entrou na segunda etapa e buscou armar algumas ações através de tabelas e bolas levantadas para a área. Nota: 5,5

Bobadilla

Se movimentou bem como pivô, mas não conseguiu mudar o cenário desfavorável. Nota: 5,0

Matheus Martins

Entrou na reta final da partida, mas deu tempo de incomodar a marcação adversária com a sua velocidade e habilidade. Nota: 6,0

Marcão

A montagem do meio de campo que iniciou o jogo poderia ter sido muito melhor com o André atuando em sua posição de origem (é o melhor cabeça de área do Brasileirão) e Calegari como segundo volante (jogou muito na vitória sobre o Internacional). Preferiu escalar o Wellington, que fez apenas o simples, adiantar o melhor cabeça de área e deixar no banco um dos principais destaques da última vitória. Teve chance de acertar essa questão no intervalo ou início do segundo tempo, mas manteve o Wellington, tirou o André e deixou o Calegari no banco. No restante, o time foi aguerrido e muito prejudicado pelos erros da arbitragem. Nota: 4,5

Clique aqui e realize a sua inscrição no nosso canal do YouTube!

Próximo jogo

Agora, o Tricolor focará na partida contra o Bahia, no próximo domingo (05), às 16h (de Brasília), na Arena Fonte Nova, pela trigésima sétima rodada do Campeonato Brasileiro.

Acompanhe a cobertura pós-jogo com notícias, entrevistas, vídeo com os melhores momentos, notas das atuações e muito mais. Fique ligado(a) no canal com a cara da arquibancada verde, branca e grená!

Clique aqui e veja a lista com as últimas notícias do Fluzão!



Por Explosão Tricolor

PUBLICIDADE