Notas das atuações: Fluminense 1×0 Atlético-GO






Comentários e notas das atuações

Muriel

Praticamente não sujou o uniforme durante os noventa minutos. Nas raríssima vezes que foi incomodado, mostrou segurança. Nota: 6,0

Calegari

Buscou o ataque, mas faltou caprichar mais nos cruzamentos. Na defesa, deu mole numa saída de bola ainda na primeira etapa. Nota: 5,0

Nino

Chegou atrasado num lance que o Renato Kayzer entrou livre na área para cabecear de peixinho. Se redimiu com um excelente corte providencial no início do segundo tempo quando o mesmo Renato Kayzer chegou em plenas condições de fazer gol. De uma forma geral, teve uma razoável atuação. Nota: 6,0

Luccas Claro

No geral, teve uma boa atuação, mas deu mole numa saída de bola logo no início do segundo tempo. Nota: 6,5

Egídio

Buscou o ataque, mas em algumas ocasiões ficou vendido por conta dos passes errados de Wellington Silva na primeira etapa nas situações de tabelinha. Na segunda etapa, ficou mais preocupado com a marcação. Nota: 5,5

Dodi

Atuação abaixo da média, pois não conseguiu colocar velocidade na transição e andou afrouxando um pouco na marcação. Nota: 4,0

Hudson

Foi razoável na função de proteger a defesa e apareceu algumas vezes na construção de jogadas pelo lado direito. Nota: 6,0

Michel Araújo

Atuação muito tímida. Não mostrou a costumeira intensidade e praticamente não pisou na área adversária. Nota: 4,0

Nenê

Não conseguiu ser o homem de criação que o time tanto precisa. Apareceu apenas através de uma bela cobrança de falta que obrigou o Jean a realizar uma grande defesa. Nota: 4,0

Wellington Silva

Atuação muito ruim, pois errou praticamente tudo que tentou. Ajudou um pouco na recomposição defensiva. Nota: 2,0

Luiz Henrique

Foi o principal jogador do time. É claro que ainda necessita melhorar alguns fundamentos, o que é normal para um garoto de 18 anos, porém, incomodou bastante a zaga adversária e não se omitiu em momento algum. Nota: 7,0

Marcos Paulo

Entrou na vaga de Michel Araújo. Se movimentou bastante, mas andou pecando na última bola. Nota: 5,0

Miguel

Entrou na vaga de Wellington Silva. Ajudou na construção de algumas ações ofensivas, mas pecou um pouco pela ansiedade. Nota: 5,0

Paulo Henrique Ganso

Deu uma melhorada no meio de campo após entrar na vaga de Nenê. Além de bons passes, ajudou na marcação. Nota: 6,0

Yago Felippe

Entrou na reta final da partida, mas participou de algumas ações ofensivas. Inclusive, apareceu para finalizar numa ocasião, porém, o Jean conseguiu defender. Nota: 6,0

André

Entrou nos minutos finais. SEM NOTA

Odair Hellmann

Infelizmente, o time não apresentou um bom futebol. Faltou criatividade e, principalmente, um homem de área. A opção pelo Luiz Henrique foi um acerto, mas o garoto iniciou o jogo de forma improvisada. As entradas de Ganso e Miguel foram boas tentativas para dar criatividade ao time, mas a ausência de uma referência na área acabou dificultando a vida do time. Para avançar às oitavas de final, o Fluminense terá que tirar algo da cartola, pois o Atlético-GO soube controlar bem o jogo. Nota: 4,0

Clique aqui e veja a lista com as últimas notícias do Fluzão!



Por Explosão Tricolor

E-mail para contato: explosao.tricolor@gmail.com 

PUBLICIDADE