Obrigado, João Boltshauser!




Petkovic (Foto: Divulgação)

Fala, galera tricolor! Sabadão, mas sempre ligado no Fluzão. Hoje, o papo será sobre uma marca histórica do Fluminense, que foi publicada erroneamente pelo clube na última sexta-feira (a publicação já foi apagada, mas o print dela está abaixo). Sem alongar muito, vamos lá…

Ontem (11), o ex-jogador Petkovic fez aniversário. Para quem não se lembra, ele atuou pelo Fluminense no período de 2005 a 2006. Através de suas redes sociais, o Fluminense parabenizou o sérvio, que atualmente é comentarista dos canais SporTV. Até aí, ok! Acho válida essa iniciativa do clube.

O problema é que o Fluminense mencionou que o Petkovic foi autor do milésimo gol do clube na história do Campeonato Brasileiro. Isso ocorreu em 2006, contra o Cruzeiro. É bem verdade que teve até uma placa celebrando a marca, que perdeu o seu valor após a unificação dos títulos nacionais conquistados antes de 1971.

Confesso que ainda não tinha observado isso, na verdade, só vi após acessar o Twitter e dar de cara com um comentário de um tricolor que é uma enciclopédia viva do Fluminense: João Boltshauser. Pois é, veja o que o grande historiador comentou:

O “novo” milésimo gol do Fluminense em Campeonato Brasileiro

O comentário do Boltshauser movimentou a rede, inclusive, ele foi questionado sobre qual seria então o milésimo gol do Fluminense em Brasileiros. Obviamente, o historiador já tinha a resposta pronta: foi do Alex Oliveira na vitória sobre o Coritiba, em 2003 (vídeo no final do texto).

Como tricolor, deixo aqui o meu agradecimento: “MUITO OBRIGADO, JOÃO BOLTSHAUSER!

Esse caso é um grande exemplo de como a sociedade não pode desprezar o passado. Conhecer a história é importante para que você entenda o presente e projete o futuro.

Vinicius Toledo

– Siga-me no Twitter através do perfil @ViniFLU18 (clique aqui)

PUBLICIDADE