Odair Hellmann justifica escolha de Hudson como titular




Foto: Lucas Merçon / Fluminense F.C.



Volante foi expulso ainda no primeiro do empate do Fluminense em 1 a 1 com o Atlético-GO

Escolhido para suprir a ausência de Yuri Lima, o volante Hudson teve atuação desastrosa no empate do Fluminense em 1 a 1 com o Atlético-GO. O meio-campista, que disputou o primeiro jogo como titular desde que se recuperou de uma entorse no tornozelo esquerdo, cometeu duas faltas bobas ainda no primeiro tempo e acabou expulso de campo. Em entrevista após a partida, o técnico Odair Hellmann explicou que o camisa 25 vinha fazendo por merecer nos treinos. O treinador ainda destacou a necessidade de dar ritmo de jogo ao jogador.

– É natural que tenha ficado um tempo parado, mas é um jogador que estava fazendo grandes jogos, um jogador importantíssimo para nós. Estava há um bom tempo buscando essa progressão no treinamento, hoje já com a oportunidade de jogar é natural. É com jogo que vai readquirir esse ritmo de jogo, esse timing. Ele estava triste, claro que estava triste como todos nós ficamos com o resultado. Mas ele é um cara experiente para saber que esse tipo de situação acontece – disse Odair Hellmann.

Com a expulsão diante do Atlético-GO, Hudson terá que cumprir suspensão automática no jogo contra o São Paulo, no próximo domingo (06), às 16h (de Brasília), no Morumbi, pela 8ª rodada do Brasileirão. Yuri Lima, por outro lado, retorna de suspensão e volta a ficar à disposição do técnico Odair Hellmann. 

Clique aqui e veja a lista com as últimas notícias do Fluzão!



Por Explosão Tricolor

E-mail para contato: explosao.tricolor@gmail.com 

PUBLICIDADE