Para Cristóvão, carioca de 2015 será mais acirrado




Único desafio do Fluminense no primeiro semestre é o campeonato carioca, segundo Cristóvão, não existe nenhum tipo de facilidade e o campeonato tende a não ser nada tranquilo. O comandante do tricolor afirma que cada grande tem seus motivos para priorizar o campeonato e torná-lo mais acirrado que os últimos anos.

– Eu vejo uma responsabilidade igual para os quatro grandes. Há a necessidade de todos em mostrar que o trabalho está no caminho certo. Pela situação particular de cada um. O Vasco veio da Série B, imagina o que significa ser campeão? O Botafogo caiu, imagina o que significa ser campeão? O Flamengo começou o Brasileiro brigando para não cair, cresceu na reta final. O Fluminense por conta de todas essas mudanças. Cada um do seu jeito, é muito grande a responsabilidade pelo resultado. Por isso acho que esse campeonato vai ser o mais acirrado dos últimos anos – Para este Campeonato Carioca, eu vejo os quatro com outra realidade no futebol. Pouco investimento, onde estimulam a criatividade. Acho que esse torneio vai ser mais acirrado ainda por causa disso. – frisou, Cristóvão.

Muitos veem o carioca como uma espécie de laboratório, como uma fase de testes, mas Cristóvão afirma que não é bem assim.

– Na verdade, quem vende que o Carioca é um torneio para laboratório é, às vezes a diretoria, até a imprensa, mas quem é profissional sabe que isso é tudo mentira. Nada disso de laboratório existe. No futebol, entrou para jogar, time do nível do Fluminense, tem compromisso com o título e com a vitória. Se você tem, ótimo. Se não conseguir, corre o risco de ter o trabalho interrompido. Sobre a cobrança, nós já estamos acostumados. O investimento pode ser alto, baixo que vai se cobrar a mesma coisa. Isso nós sabemos, temos que preparar bem para saber lidar com ela – explicou ele.

Por: Explosão Tricolor / Fonte: Lancenet / Foto: Nelson Perez

Siga-nos no Twitter e curta nossa página no Facebook

PUBLICIDADE