Pés no chão em tempos difíceis




Foto: Lucas Merçon / Fluminense FC



O que esperar do Fluminense em 2021? Primeiramente, não dá para fingir que tudo está normal no país. A pandemia está ainda mais avassaladora. Além do elevado número de mortes, a questão econômica também preocupa muito. Cenário crítico e muito preocupante em todos os sentidos…

Diante de tudo isso, o futebol brasileiro sofrerá ainda mais neste ano. No caso do Tricolor, manter os pés no chão é de fundamental importância. Honestamente, não espero grandes contratações. Inclusive, acredito que não seja o momento de realizar qualquer tipo de investimento mais pesado justamente por conta do delicado momento que o país vive.

É fato que o elenco necessita de reforços de verdade, inclusive, as contratações do Rafael Ribeiro e Wellington não me empolgam em nada. Isso para não falar sobre a renovação com o Caio Paulista. São nessas horas que o torcedor tricolor fica sem entender algumas escolhas da diretoria. Já a contratação do Samuel Xavier é aceitável.

Surgiu a notícia sobre um suposto interesse no atacante Willian Bigode, do Palmeiras. O jogador tem 34 anos de idade, porém, os números dele na última temporada mostram que ele ainda tem uma boa lenha para queimar. Na minha visão, é o tipo de jogador trintão que vale a pena contratar, pois ainda está entregando em bom nível. Tenho minhas dúvidas se o clube paulista liberaria tão fácil.

Sobre a estreia no Campeonato Carioca, gostei da provável escalação para encarar o Resende. No papel, dá para perceber uma formação ofensiva com muita técnica e velocidade. Agora é aguardar se isso será confirmado quando a bola rolar. Gostaria de ver os meias Wallace e Gabriel Teixeira tendo oportunidades, pois os dois possuem boa capacidade técnica.

Curtinhas

– Espero que a plataforma de streaming não me decepcione na hora do jogo, pois os primeiros jogos transmitidos tiveram diversos problemas técnicos…

– A renovação com o Yago Felipe até o final de 2022 está mais próxima. Não é craque, mas é o operário necessário. Bola dentro!

– O Orçamento do Fluminense para 2021 prevê R$ 19 milhões com bilheteria e R$ 35 milhões com patrocínios. Diante da falta de boas perspectivas a curto e médio prazo com relação às questões sanitárias e econômicas…

– Os clubes terão que rever seriamente os seus custos para 2021.

– Também quero time forte para a Copa Libertadores, mas não dá para cometer loucuras. O meu foco de cobrança segue sendo o alto custo administrativo em todas as áreas. É algo que comento aqui desde a gestão do Pedro Abad.

Forte abraço e ST

Vinicius Toledo



Agenda do Fluminense:

1ª rodada da Taça Guanabara

04/03 – Quinta-feira – 21h – Resende x Fluminense – Maracanã

2ª rodada da Taça Guanabara

07/03 – Domingo – 16h – Fluminense x Portuguesa – Maracanã

3ª rodada da Taça Guanabara

14/03 – Domingo – 18h – Flamengo x Fluminense – Maracanã

Clique aqui e veja a lista com as últimas notícias do Fluzão!

PUBLICIDADE