Pontos positivos e negativos da vitória do Fluminense sobre o RB Bragantino




FOTO: LUCAS MERÇON / FLUMINENSE F.C.



O fato de o RB Bragantino ter entrado com um time reserva não tira o mérito da vitória do Fluminense. No primeiro tempo, a equipe tricolor conseguiu se defender muito bem e contra-atacar com perigo. Com boas trocas de passes e velocidade, os tricolores chegaram ao ataque em diversas ocasiões.

O gol do Fred foi fruto de uma grande jogada do Luiz Henrique e boa infiltração do Nonato. Já o gol do Luiz Henrique é algo digno de muitos aplausos. A bola foi trabalhada de forma perfeita pelo André, Calegari e Caio Paulista. A  jogada reuniu visão de jogo, saída de bola de qualidade, belo lançamento, velocidade e habilidade. O acabamento dela com um golaço do Luiz Henrique foi um prêmio e, principalmente, a certeza de que é possível esse Fluminense jogar um melhor futebol, conforme tanto cobro aqui no espaço.

Outras chances foram criadas, inclusive, não seria exagero algum afirmar que o Tricolor poderia ter saído para o intervalo com uns 3 ou 4 a 0. A chance desperdiçada de liquidar a fatura já nos primeiros quarenta e cinco minutos acabou cobrando um preço no segundo tempo.

Com o já tradicional cansaço na segunda etapa, o Fluminense caiu de produção e, consequentemente, o RB Bragantino entrou no jogo e acabou diminuindo a diferença com um golaço do Helinho. No período de dez a trinta minutos, confesso que fiquei muito preocupado, pois o Tricolor correu um sério risco. A questão física é algo que preocupa muito. Esse é um ponto que está muito escancarado. Acredito que até mesmo a formação com três atacantes possa ser uma das responsáveis por essa grande queda nas etapas finais dos jogos.

Lá pelos trinta minutos, o Fluminense voltou a entrar no jogo. Jhon Arias, que entrou na segunda etapa, começou meio tímido, mas depois apareceu e ajudou na construção das jogadas. Gabriel Teixeira também entrou bem, inclusive, marcou um gol, porém, o VAR anulou. Confesso que a imagem não me convenceu de que o Bobadilla realmente estava impedido.

Em outros tempos, seria uma obrigação do Fluminense passar por cima dos reservas do RB Bragantino. Porém, é necessário analisar de acordo com a realidade dos fatos. O clube de Bragança Paulista está muito bem estruturado em todos os sentidos. Além disso, a sua forma de fazer futebol é totalmente focada no desenvolvimento e valorização de jovens promissores. Não é à toa que já está colhendo os frutos dentro e fora de campo. O trabalho do técnico Maurício Barbieri também é digno de elogios.

Três pontos importantíssimos para o Fluminense, mas o time ainda pode melhorar. A lateral-esquerda segue atormentando e o meio de campo necessita de um toque maior de criatividade. No atual elenco, acredito que o Jhon Arias seja a melhor opção para executar essa função. Gabriel Teixeira também pode ser uma boa aposta, pois atuava assim na base.

Observações:

– A marca pessoal de 16 jogos invictos em Campeonato Brasileiro é algo que merece ser parabenizado. Parabéns, Marcão!

– Calegari (parte defensiva) e Nonato atuaram muito bem.

– Luiz Henrique está voando.

– Luan Freitas e John Kennedy foram relacionados, mas não entraram em campo. A dupla desfalcou o time Sub-20 na suada vitória sobre o América-MG por 1 a 0, pelo Brasileirão da categoria. Sinceramente, achei essa questão meio sem lógica, pois enfraqueceu o Fluminense em um confronto direito que estava valendo entrada para a zona de classificação para as quartas de final.

– O Fluminense volta a jogar somente no próximo domingo, contra o Santos. Porém, o time Sub-20 disputará o jogo de volta da final do Campeonato Carioca, contra o Flamengo. Já o Sub-17 enfrentará o São Paulo, pela partida de volta das quartas de final da Copa do Brasil. O Explosão Tricolor anunciará as datas, os horários e todas as informações sobre as transmissões.

– Siga-me no Twitter através do perfil @ViniFLU18 (clique aqui)

– Clique aqui e realize a sua inscrição no nosso canal do YouTube!

Forte abraço e ST

Vinicius Toledo



Agenda tricolor no Brasileirão

23ª rodada

03/10 – Domingo – 18h15 – Santos x Fluminense – Vila Belmiro

24ª rodada

06/10 – Quarta-feira – 21h30 – Fluminense x Fortaleza – Maracanã

25ª rodada

09/10 – Sábado – 16h30 – Fluminense x Atlético-GO – Maracanã

PUBLICIDADE