Portal detalha confusão que tirou Odair Hellmann da partida contra o Internacional




Foto: Lucas Merçon / Fluminense F.C.



Odair Hellmann foi barrado na chegada ao Maracanã

Com suspeita de Covid-19, o técnico Odair Hellmann não pôde comandar o Fluminense na vitória por 2 a 1 sobre o Internacional, na noite deste domingo (16), no Maracanã. O auxiliar Maurício Dulac foi quem esteve à frente da equipe. Segundo informações do portal “Globo Esporte”, o treinador chegou a comparecer ao estádio, mas foi informado que não poderia entrar em razão de um resultado positivo de um teste realizado no dia 9 de agosto.

De acordo com o Tricolor, Odair fez dois testes no dia 09/08, após a partida contra o Grêmio, no Rio Grande do Sul, um sorológico e outro PCR. O primeiro deu negativo e o segundo, positivo para Covid-19. Em nota, o clube disse que a CBF ficou ciente dos resultados no dia seguinte, 10/08.

Na quarta-feira, dia 12/08, Odair comandou o time normalmente na partida contra o Palmeiras, no Maracanã. No dia seguinte, quinta, o treinador fez um novo teste, desta vez sob responsabilidade do Fluminense, cujo resultado foi negativo.

Com o novo resultado, negativo, o clube acreditou que Odair poderia participar do jogo deste domingo, contra o Inter. O treinador, inclusive, chegou a ir ao Maracanã. Porém, não no ônibus da delegação, como de costume, e sim em um carro particular com o diretor de futebol do Fluminense, Paulo Angioni. No entanto, foi impedido de entrar e precisou voltar para casa.

Em contato com a reportagem do Globo Esporte, a CBF afirmou que o resultado do teste do dia 09/08, realizado pelo Hospital Albert Einstein:

“foi disponibilizado ao Fluminense no dia 13 de agosto (quinta), às 11h32, no sistema de divulgação de resultados oficial do hospital para os clubes”.

O Fluminense divulgou uma nota oficial sobre o ocorrido dizendo só ter sido informado neste domingo da impossibilidade de Odair comandar o time. Procurada pela reportagem, a CBF afirmou que é de responsabilidade dos clubes informarem sobre os testes realizados e disse que o teste de resultado positivo feito pelo laboratório Albert Einstein foi disponibilizado ao Tricolor na quinta-feira, dia 13.

Segundo o Fluminense, o treinador já poderá voltar ao comando do time no próximo jogo, contra o Bragantino, por ter cumprido os dez dias estipulados pela CBF.

Confira a nota divulgada pelo Fluminense:

“O técnico Odair Hellmann foi afastado do jogo de hoje, contra o Internacional, por suspeita de Covid-19. O treinador foi submetido a três testes, nos dias 06, 09 e 13/08.

No dia 09/08, após o jogo contra o Grêmio, Odair fez tanto o teste sorológico, quanto o PCR, para atuar contra o Palmeiras no dia 12/08. O primeiro deu negativo e o segundo deu reagente, com resultado sendo de conhecimento da CBF no dia seguinte.

Neste mesmo dia 13/08, o Fluminense passou a ser responsável pelos testes para o credenciamento dos profissionais para a partida contra o Internacional. Hellmann novamente testou negativo. O Fluminense tomou conhecimento desta decisão ainda neste domingo.

Considerando os dez dias de isolamento protocolares, Odair já retorna contra o Bragantino na próxima quarta-feira.”

Confira a nota da CBF:

“A CBF esclarece que, diferentemente do noticiado, o teste positivo para o Covid-19 do técnico Odair Hellmann, realizado pelo Hospital Albert Einstein, foi disponibilizado ao Fluminense no dia 13 de agosto, às 11h32, no sistema de divulgação de resultados oficial do hospital.”

Clique aqui e veja a lista com as últimas notícias do Fluzão!



Por Explosão Tricolor / Fonte: Globo Esporte

E-mail para contato: explosao.tricolor@gmail.com 

PUBLICIDADE