Preocupação e a hipótese das três etapas de um time campeão




Roger Machado (Foto: Lucas Merçon / Fluminense F.C.)

Atenção, amigo leitor: no texto abaixo deixei de lado o bom humor e o aspecto lúdico que tento colocar em minhas crônicas! Falarei, portanto, de forma mais séria! 

Preocupação

Minha preocupação está diretamente relacionada ao tema das três etapas de um time vencedor. O amigo Torcedor que tem os dois olhos na realidade está preocupado. Apesar do placar, a partida do Tricolor contra o Macaé não foi satisfatória. O time ainda está no final da fase de testes, os titulares estão retomando o ritmo e a condição física depois de um breve período de folga. Estes elementos, entretanto, ainda que tenham que fazer parte de uma sóbria análise, não servem mais como desculpas. O Fluminense deveria ter apresentado um mínimo padrão de jogo, uma jogada treinada e algum nível de organização tática – o adversário era o lanterna do Cariocão, amigo leitor! Começo a ficar preocupado com nosso destino na Libertadores! 

As três etapas de um time vencedor:

I) Já estamos em abril, o mês de estreia do Flu na Libertadores e, como já aludi acima, o Time de Guerreiros ainda não apresentou o mínimo necessário, um ideal de jogo suficientemente convincente. Qual a jogada forte dos comandados de Roger Machado? O Flu apresentou alguma tabela ou uma triangulação pelos lados de campo? Fizemos alguma jogada de fundo interessante? O escrete foi eficiente na hora de furar o bloqueio macaense? Infelizmente, Torcedor, o Fluzão Machadiano ainda não apresentou nada. Nem mesmo uma mísera jogada ensaiada. A preocupação é justa!

II) Para alcançar o segundo nível, a segunda etapa de um time vencedor, o Pó de Arroz precisa realizar a primeira. É o famoso ‘’o time está crescendo na temporada’’. O segundo passo de um time vitorioso consiste no entrosamento elevado e, sobretudo, na noção de eficiência. Uma equipe precisa de um estilo de jogo consolidado, de variações táticas e soluções coerentes para os jogos difíceis e truncados. 

Com um elenco mediano ou repleto de craques, um time precisa de entrosamento e eficiência. Seja no grupo da morte ou em um ‘’grupo mais fraco’’, o Tricolor precisa alcançar este nível de futebol para atingir sua meta inicial: chegar nas oitavas da Liberta! Contra uma retranca, contra um time superior tecnicamente ou na altitude, o Fluminense precisa jogar muito mais do que tem jogado até agora. O Amado Clube de Laranjeiras precisa encontrar caminhos e soluções para os problemas mais diversos e, até agora, não temos nem mesmo um estilo de jogo definido.

III) O último estágio (ou etapa) é o místico! O leitor conhece minha obsessão pela influência extraterrena no futebol. A mística, contudo, só acontece quando as etapas anteriores se realizam. O que é a mística no futebol? A alma do time campeão! A mística é uma mistura de sorte, confiança e superação. Vou citar alguns exemplos: quem era o matador do time Campeão Brasileiro em 1970? Flávio! Sim, mas na ausência do craque, Mickey resolveu a parada. Quem diria que o Adriano Magrão seria um dos destaques do time que levantou a Copa do Brasil em 2007? Alguém apostava no título da Copa do Brasil? Com uma alma mística, a sorte ajuda, o improvável acontece e os desacreditados resolvem. A mística, o espírito sagrado do jogo, todavia, só nasce para o time azeitado, para a equipe que engrena e, ao que parece, estamos longe de engrenar!

Só nos resta torcer… torcer… torcer…

Teixeira Mendes

Tabela de classificação do Campeonato Carioca 2021 (ative a rotação automática do celular para ver a tabela completa)

TIMES P J V E D GP GC SG %
1 Flamengo Flamengo 19 8 6 1 1 18 4 14 79
2 Volta Redonda Volta Redonda 19 8 6 1 1 14 8 6 79
3 Portuguesa RJ Portuguesa 14 8 4 2 2 9 3 6 58
4 Fluminense Fluminense 13 8 4 1 3 12 9 3 54
5 Botafogo Botafogo 11 8 2 5 1 8 6 2 45
6 Madureira Madureira 11 8 2 5 1 8 10 -2 45
7 Vasco da Gama Vasco 10 8 2 4 2 13 11 2 41
8 Nova Iguaçu Nova Iguaçu 9 8 2 3 3 10 10 0 37
9 Boavista FC Boavista 9 8 2 3 3 10 10 0 37
10 Resende Resende 8 8 2 2 4 5 13 -8 33
11 Bangu Bangu 5 8 1 2 5 3 11 -8 20
12 Macaé Macaé 1 8 0 1 7 3 18 -15 4

Jogos da 8ª rodada da Taça Guanabara

Sábado (o3/04)

21h05

Vasco da Gama 4×2 Bangu – São Januário

Domingo (04/04)

11h

Resende 1×3 Boavista – Estádio do Trabalhador

17h

Botafogo 1×1 Portuguesa – Giulite Coutinho

18h

Volta Redonda 3×2 Nova Iguaçu – Raulino de Oliveira

Segunda-Feira (05/04)

21h

Madureira 1×5 Flamengo – Raulino de Oliveira

Terça-Feira (06/04)

21h35

Macaé 0x4 Fluminense – Raulino de Oliveira

PUBLICIDADE