Presidente do Fluminense revela assinatura de acordo com o banco BTG Pactual






Banco auxiliará o Fluminense na busca por investidores

Em entrevista coletiva concedida na tarde desta segunda-feira (13), o presidente do Fluminense, Mário Bitencourt, anunciou a assinatura de um acordo com o banco BTG Pactual. De acordo com o mandatário, a instituição financeira ajudará o clube na busca por investidores e também na realização de estudos para o pagamento de dívidas. A parceria também abre espaço para a discussão acerca da possível implementação de uma SAF no clube.

– Há 60 dias, nós assinamos com o BTG Pactual para entender a situação financeira do Fluminense e entender o estado atual de nossas dívidas. Nosso acordo inicial é para estudo do nosso trabalho, vermos que fizemos até aqui. Entregamos, 50, 60 páginas ao banco e confirmou as nossas impressões de melhoria. Venho falando que a dívida vai ser equacionada em mais quatro anos. Mesmo com esse nosso trabalho, sempre estivemos atentos às movimentações de mercado. Há 60 dias assinamos um primeiro acordo com o BTG para fazer uma análise, assim como opções para redução do tempo de equacionamento. O banco fez estudo do nosso trabalho, dos números. Isso virou um trabalho de 50, 60 páginas sobre a avaliação do trabalho. E confirmou as impressões de melhoria. O banco informou que o custo proporcional é baixo e superior de investimento com os demais clubes. Estamos desempenhando acima do que investimos.
– Tenho a alegria de dizer que assinamos um contrato, um mandato para que possam ir ao mercado buscar operações para reduzir a dívida e possibilitar investimentos em tempo mais curto do que esperávamos. Vamos tentar atrair investidores para equacionar a dívida e fazer mais investimentos no time de futebol, que é o grande desejo para que a torcida possa ter mais alegrias. A análise envolve busca de investidores e está dentro a análise futura de uma SAF. Contratamos eles e essa análise envolve eventual constituição ou não, de diferentes formas. Mas também há outras duas opções. A partir de hoje o Fluminense tem assessoria para que depois de todo trabalho possa ir ao mercado buscar investidores e para que aumente os investimentos no futebol a médio e longo prazo. Depois desse trabalho vamos apresentar as opções e avaliar o caminho. É um dia importante pelo trabalho que estamos fazendo. As notas dadas foram muito boas. Ficou comprovado pelos estudos que como gastamos muito dinheiro pagando a dívida, investimos cerca de 40% no futebol. Outros clubes investem mais.

PUBLICIDADE