QUER SAIR – Diretor do Flu vê acerto com Porto por dívida, mas diz que Walter quer sair




Presente ao segundo dia de desfiles das escolas de samba do Carnaval do Rio de Janeiro, o diretor executivo de futebol do Fluminense, Fernando Simone, disse que a dívida do clube com o Porto relativa à compra de 25% dos direitos econômicos de Walter está muito perto de ser equacionada, mas que o atacante quer deixar as Laranjeiras.

No contrato de empréstimo assinado pelo Fluminense junto ao Porto em janeiro do ano passado, o clube carioca se comprometeu a pagar pouco mais de 2 milhões de euros (cerca de R$ 6 milhões) por 25% dos direitos econômicos do atleta. Um dos motivos pelos quais o Tricolor estudava uma transferência era justamente por causa do alto valor, mas nem mesmo o acerto próximo com o time português garante o gordinho nas Laranjeiras até o fim de 2015.

“A dívida está praticamente equacionada, existe conversa dos dois clubes e vamos conseguir chegar a um meio termo em breve. Esse não é o problema. Uma coisa é resolver a dívida e a outra é o empréstimo dele. Ele quer ficar mais feliz, quer ir para um lugar onde possa ser titular. No Fluminense tem tido menos chances… Entendemos a situação do jogador, mas ele é importante para nós também”, deixou claro Simone.

Segundo o dirigente tricolor, o Fluminense pode até mesmo aceitar uma transferência de Walter sem repassar a dívida com o Porto. Neste caso, o Tricolor ficaria com a fatia de 25% de seus direitos econômicos.

“Temos de conversar. Ver se é uma situação boa para o Fluminense, para o jogador, ver com o Porto… Não é fácil. Mas estamos conversando pra tentar achar uma situação boa para todo mundo. Hoje, é um jogador importante para nós e só vamos abrir mão do Walter se for bom para nós e para eles também”, encerrou Fernando.

Existia a possibilidade da dívida ser paga com cessão dos direitos econômicos de jovens das categorias de base do Fluminense, mas a situação foi praticamente descartada por Fernando Simone. A tendência, hoje, é que o valor seja pago de forma direta ao clube português.

Walter tem tido poucas chances com o técnico Cristóvão Borges em 2015. O atacante não começou sequer uma partida como titular, mesmo concorrendo com o antes desconhecido Lucas Gomes.

Por Rodrigo Paradella / UOL – Foto: Nelson Perez/Fluminense F.C.

Siga-nos no Twitter e curta nossa página no Facebook

PUBLICIDADE