Sem dó, nem piedade




FOTO: LUCAS MERÇON / FLUMINENSE F.C.



Brincou! Sim, o Fluminense brincou no Maracanã. E brincou com outro gigante. Ou seja, não foi uma vitória qualquer. Na verdade, não foi uma goleada qualquer. Sendo bem sincero, essa goleada já poderia ter saído nos dois jogos anteriores.

Mais uma vez, a rapaziada do Diniz gastou a redonda. Em diversos momentos, o toque de bola tricolor colocou a mineirada na roda. Foi bonito de ser ver. E o que é melhor: com gols e muita alegria nos pés!

Teve o primeiro gol do Nino com a camisa do Fluminense. Mas também teve gol do criticado Luciano, que não segurou a emoção na hora da comemorar.

No único vacilo, o Cruzeiro descontou. Houve até uma tentativa de endurecer o jogo, mas a rapaziada do Diniz seguiu a mil por hora e cheia de vontade de querer matar logo o jogo.

Apesar da soberania tricolor, faltava algo para garantir a vitória…

Sem medo de ser feliz, Diniz colocou os moleques de Xerém. E mais uma vez eles não decepcionaram. João Pedro e Marcos Paulo fecharam o caixão do Cruzeiro sem dó, nem piedade. Com o chicote na mão, a dupla destruiu e fez a arquibancada explodir de felicidade! Dois gols do primeiro, duas assistências do segundo e 4 a 1 no placar para a felicidade geral da massa pó de arroz.

Goleada justíssima em todos os sentidos, ou melhor, incontestável.

Ainda tem muita água pra rolar, mas esse Fluminense com meio de campo mais leve e dois moleques atrevidos lá na frente pode ser o caminho para a estrada do sucesso…

Na próxima quinta tem mais!

Rapidinhas:

Um dos melhores do país

Seguramente, o Matheus Ferraz é um dos três melhores zagueiros da atual temporada do futebol brasileiro. Monstro!

Se encontrou?

Mais uma boa atuação do Danielzinho, que parece estar se encontrando.

Diferenciado

O Ganso é lento, mas o toque de bola dele é rápido e diferenciado.

Atlético Nacional

Na próxima quinta, a torcida tem a obrigação de colocar, no mínimo, 40 mil no Maracanã. É duelo de gigantes, é jogo de Copa Sul-Americana. Portanto, não há desculpa.

Forte abraço!

Vinicius Toledo



PUBLICIDADE