Só para não passar batido




Roger Machado (Foto: Mailson Santana / Fluminense F.C.)



A provável escalação do Fluminense para a partida contra o Bangu é algo inexplicável. Wellington e Yuri na contenção, Caio Paulista como meia de armação e Ganso no ataque. Para completar, o time entrará em campo sem uma referência no ataque. É mole?

Tudo bem que é um início de trabalho, mas esse cartão de visitas do Roger Machado é preocupante. Só fato de colocar dois cabeças de área que não possuem intimidade alguma com a redonda já me deixa apavorado.

Para piorar, o André, que tem muito potencial, ficará no banco. Pois é, o garoto ainda está oscilando, o que é algo normal, mas tirar a oportunidade de uma sequência no time titular não parece ser uma decisão correta. Sem falar nessa forçada de barra de colocar o Caio Paulista como armador e o sonolento Ganso no ataque.

Não sei se, internamente, o Fluminense não está nem aí para o Campeonato Carioca e está aproveitando para fazer essas experiências malucas. Pode até ser que seja isso, porém, é válido lembrar que até a estreia na Copa Libertadores, o time disputará sete jogos pelo Estadual. Sendo assim, não dá para perder tempo com quem não tem condições de entregar algo satisfatório ou formações totalmente sem sentido algum.

Diante do Bangu, vamos ver no que vai dar essa nova experiência do Roger Machado, mas confesso que já estou bastante preocupado…

Curtinhas:

– Reginaldo está relacionado. Com certeza é melhor que o Rafael Ribeiro e o Frazan.

– Gabriel Teixeira e John Kennedy deveriam iniciar o jogo deste sábado.

– Neste sábado, às 23h35, entrarei ao vivo no canal do Explosão Tricolor, no YouTube, para falar sobre tudo que rolou no jogo entre Bangu e Fluminense. Também responderei perguntas enviadas pelo chat. Aguardo vocês lá! Segue o link de transmissão no final do texto.

Forte abraço e ST

Vinicius Toledo

PUBLICIDADE