TJD-RJ ainda não está convencido em denunciar o Flamengo por conta de cânticos homofóbicos






Os cânticos de parte da torcida do Flamengo de “Time de v…”, referindo-se ao Fluminense no jogo desta quarta-feira, agitam os bastidores do Tribunal de Justiça Desportiva do Rio. A Procuradoria do TDJ-RJ ainda não está convencida de que deve fazer denúncia ao Rubro-Negro, como fez ao Fluminense quando parte de seus torcedores chamaram a equipe adversária de “Time de assassinos”.

Na ocasião, o Tricolor foi enquadrado no artigo 243-G, combinado com 191, por praticar “ato discriminatório, desdenhoso ou ultrajante”. O clube foi apenas advertido após julgamento, mas correu risco de perder três pontos no campeonato.

As discussões travadas entre advogados e auditores no dia do julgamento expõem uma contradição na ausência de denúncia, caso se concretize. Porque foi justamente por entenderem que o artigo 243-G trata de cânticos ou palavras preconceituosas, entre elas, sexistas, que o grito “Time de assassino” não poderia ser enquadrado.

Dessa forma, os auditores deixaram claro em seus votos que caso fossem gritos de caráter discriminatório e não ofensivos, como “assassinos”, o clube seria punido.

Clique aqui e veja a lista com as últimas notícias do Fluzão!



Por Explosão Tricolor / Fonte: GloboEsporte.com

E-mail para contato: explosao.tricolor@gmail.com

PUBLICIDADE