Torcedores do Fluminense rebatem publicações do jornalista Paulo Vinicius Coelho




Paulo Vinicius Coelho (PVC)



Nesta sexta-feira (27), o jornalista Paulo Vinicius Coelho, do canal SporTV e portal ge, publicou um texto para falar sobre a polêmica envolvendo o empate entre Ceará e São Paulo (veja abaixo). Porém, PVC acabou arrumando uma polêmica com a torcida do Fluminense por conta de duas postagens publicadas em sua conta no Twitter. Na primeira, ele postou o seguinte:

“São Paulo não pedirá anulação de jogo contra o Ceará por erro de direito (Com explicação especial sobre o “caso Héverton”, de 2013. Torcedores do Fluminense não aceitam, mas o caso ficou na história como “caso Heverton.”)”.

Já na segunda, o jornalista postou o seguinte:

“Se chamar de caso André Santos, o torcedor do Fluminense pode saber do que se trata. Mas o Brasil que gosta de futebol sabe o que foi o caso Heverton. O texto é sobre Ceará x São Paulo e as consequências. Não é sobre clubismo. Pelo amor de Deus!!!”.

Após as duas publicações, muitos torcedores tricolores rebateram o jornalista (veja a sequência de comentários no final da matéria) por não ter citado o nome do Flamengo no caso Heverton. Vale lembrar que a Portuguesa salvou o Rubro-Negro do rebaixamento por conta da escalação irregular de Heverton.

Imagem

Polêmica

Na ocasião, o assistente Thiago Rosa de Oliveira (RJ) assinalou posição irregular do atacante tricolor e invalidou o gol em campo. No entanto, Wagner do Nascimento Magalhães (Fifa/RJ) confirmou o gol ao ser instruído pelo VAR, comandado por Carlos Eduardo Nunes Braga (RJ), com auxílio de William Machado Steffen (SC) e Daniel do Espirito Santo Parro (RJ). O problema é que o mesmo VAR se corrigiu minutos depois e anulou o lance. Com um detalhe pontual – e proibido: o gol foi definitivamente invalidado após o árbitro já ter autorizado o reinício da partida, com o Ceará dando a saída de bola. Tal falha da arbitragem sinalizou um possível erro de direito.

Texto do PVC publicado no portal ge

“O São Paulo decidiu que não pedirá anulação do jogo contra o Ceará, pelo erro de Direito, provocado pela decisão do árbitro Wágner do Nascimento Magalhães de reiniciar o jogo e voltar atrás para marcar impedimento de Pablo no gol previamente validado.

A direção são-paulina entendeu que haveria mais perdas do que ganhos e que um eventual título brasileiro seria manchado pelo pedido de cancelamento da partida. Está claro que o gol de Pablo deveria ser anulado. O problema foi a maneira como a anulação aconteceu.

A decisão impede o maior imbróglio jurídico do Brasileirão desde o rebaixamento da Portuguesa, em 2013, por causa do caso Héverton e a permanência do Fluminense após decisão do tribunal (para os torcedores do Fluminense que reclamam, caso Héverton é como chamo o caso que levou ao rebaixamento da Portuguesa. O Fluminense terminou o campeonato na zona de rebaixamento. O Flamengo poderia ser rebaixado com a perda dos pontos pela escalação irregular de André Santos, não fosse a escalação irregular de Héverton. Não vamos contar a história toda de novo, pelo amor de Deus. Caso Héverton é o caso em si. O texto aqui é sobre Ceará x São Paulo. O que está dito é que a anulação de Ceará x São Paulo poderia causar o maior imbróglio desde 2013).

O São Paulo ainda tem dois jogos a menos, contra o Goiás, fora de casa, e contra o Botafogo, no Morumbi. Mesmo com os dois pontos perdidos no Castelão, contra o Ceará, o São Paulo pode abrir cinco pontos sobre Atlético e Flamengo, se ganhar as duas partidas que tem a menos”.

Clique aqui e veja a lista com as últimas notícias do Fluzão!



Confira a agenda tricolor nos próximos três jogos no Brasileirão da Série A:

23ª rodada

30/11  – Segunda-feira – 20h – Fluminense x Red Bull Bragantino – Maracanã

24ª rodada

05/12 – Sábado – 19h  – Fluminense x Athletico-PR – Maracanã

25ª rodada

14/12 – Segunda-feira – 20h  – Vasco da Gama x Fluminense – São Januário

 

Brasileirão da Série A: relação de jogos da 23ª rodada

Quarta-feira (25/11)

21h30

Atlético-MG 2×1 Botafogo – Mineirão

Coritiba 0x1 Corinthians – Couto Pereira

Quinta-feira (25/11)

Fortaleza 1×1 Goiás – Arena Castelão

Sábado (28/11)

17h

Palmeiras x Athletico-PR – Arena da Baixada

Santos x Sport – Vila Belmiro

19h

Bahia x São Paulo – Arena Fonte Nova

21h

Atlético-GO x Internacional – Serrinha

Segunda-feira (30/11)

18h

Vasco da Gama x Ceará – São Januário

20h

Fluminense x Red Bull Bragantino – Maracanã

Adiado (sem data definida)

Grêmio x Flamengo – Arena do Grêmio

 

Por Explosão Tricolor

E-mail para contato: explosao.tricolor@gmail.com

PUBLICIDADE