Um clube sem a menor transparência




Ganhe 5% de desconto na Loja Virtual do Flu! Como? Utilize o código promocional no ato da compra: explosaotricolor

Amigos Tricolores, definitivamente a transparência acabou há muito tempo no Fluminense. Contratos são feitos, acordos, negociações… E os valores nunca são divulgados.
Recentemente foi anunciada a negociação do artilheiro do Sub-17 tricolor para o Watford e nem mencionaram o valor da transação.
Nesta semana foi anunciado acordo com o Palmeiras pelo Gustavo Scarpa sem valores oficialmente revelados. E ainda pediram desculpas a um sujeitinho que agiu muito mal.
Espaços nos uniformes são negociados por valores tão ínfimos que a diretoria nem tem coragem de divulgar.
Os números, quando se tornam públicos, são por apurações ou especulações de jornalistas.
E aí a velha história de vender o almoço para comprar o jantar vai funcionando, no desespero. Vendem uma joia da base por duas ou três folhas de pagamento. Aceitam um acordo absurdo com o Scarpa por mais umas três folhas, sei lá… Negociam um pedaço de manga da camisa por meia folha, ou algo assim… Até por alguns colchões para o CT de Xerém já venderam um espaço em nossa sagrada camisa.
Logicamente não dá para ficar divulgando valores. Como são irrisórios, fruto do desespero, cada vez mais baixariam as expectativas de futuros contratos. E ainda gerariam cada vez mais reclamações da oposição e da torcida, insatisfeitas com o sucateamento do clube.
O resultado dessa equação é que as críticas e insatisfações aumentam de qualquer forma, pois a falta de transparência gera mais desconfiança.
Além do mais, mesmo se os valores fossem bons não dá para um clube que deve a tantos ficar arrotando valores por aí, aos quatro cantos, pois a fila de credores iria se formar lá nas Laranjeiras.
E assim vai o nosso Fluminense, sem a menor transparência, fazendo negócios no mínimo preocupantes, tudo em nome de resolver problemas imediatos.
A consequência disso tudo é a desconfiança de parceiros em potencial. E, cá para nós, querer aumentar também o número de sócios-torcedores neste cenário é querer demais, não é?
EMBAIXADINHAS:
– Terminada a fase classificatória dos Estaduais Sub-15 e Sub-17, os campeonatos dão uma parada neste fim de semana, e as semifinais começam no sábado que vem. Com os quatro grandes classificados, o Fluminense (2º) enfrenta o Vasco (3º), em dois jogos, o primeiro deles no campo adversário, sábado, dia 13, às 15 horas.
– Pelo Sub-17 o Fluminense (4º) enfrenta o Flamengo (1º), com o primeiro jogo sendo também no sábado, dia 13, às 10 horas, nas Laranjeiras. Datas, horários e locais podem ser modificados ao longo da semana.
– O Fluminense conta com os artilheiros das duas competições: Matheus Martins com 13 e Miguel Silveira com 12, no Sub-15, e, no Sub-17, João Pedro (o artilheiro negociado com o Watford), com 21 gols.
– Pelo Copa do Brasil Sub-17 o Fluminense massacrou o Brasil de Pelotas em sua estreia, na casa do adversário, eliminando o jogo da volta. A vitória foi por incríveis 6 x 1, e os gols foram anotados por Luan, João Pedro, Gabriel Teixeira, Miguel Silveira, Calegari e Jonatas.
– O time Sub-20 foi eliminado pelo Palmeiras nas semifinais do Campeonato Brasileiro Sub-20. Derrota em casa por 2 x 0 e empate em São Paulo por 1 x 1. O Fluminense foi o primeiro campeão da competição, iniciada em 2015.
– Sabem o que vem por aí? O Campeonato Estadual Feminino de Voleibol. Participarão Fluminense, Botafogo, Flamengo e SESC RJ. O Fluminense estreia contra o Botafogo, dia 25 de outubro, no ginásio das adversárias. São as meninas do vôlei, nossas belas Guerreiras! Logo depois do Estadual começa a participação tricolor na Superliga Feminina!
– Amanhã votarei nas Laranjeiras, onde fica minha Seção Eleitoral. E onde sempre votei! Costumo há décadas fazer uma brincadeira com amigos e colegas de trabalho, dizendo que é a única situação em que o Fluminense vira Zona! Atualmente, infelizmente, venho mudando a piada: É a única oportunidade em que a Zona é organizada, infelizmente!
– Pelo Brasileirão o Fluminense pega o Paraná, segunda-feira, 20 horas, no Maracanã. Obrigação fazer os três pontos, galera, lembrando que ainda jogaremos em casa contra Ceará, América/MG e Sport. A Sula é nosso sonho de consumo! Que venha o Nacional do Uruguai!
– Tem um jogador que pode, quem sabe, retornar ao time e reforçar na hora certa: Marquinhos Calazans, o jovem valor que foi covardemente agredido por imbecis rubro-negros. Calazans já vem treinando fisicamente, e no outro dia o Marcelo Oliveira disse que ele está tentando melhorar a parte física e a confiança, pois ficou muito tempo parado. Retorna talvez ainda em outubro.
Porque O IMPORTANTE É O SEGUINTE: SÓ DÁ NENSE!!!
Por PAULONENSE / Explosão Tricolor

Aproveite! 5% de desconto na Loja Virtual do Flu nas linhas masculina, feminina, infantil e baby

PUBLICIDADE