Uma posição extremamente carente




Após meses, finalmente volto a escrever no Explosão Tricolor. Infelizmente, por problemas pessoais e algumas outras demandas no site, acabei sendo obrigado a deixar o meu espaço como colunista um pouco de lado. Mas vamos lá, hoje escrevo sobre uma posição de extrema carência do elenco do Fluminense: goleiro.

A realidade é que desde 2012, quando o Diego Cavalieri foi um dos principais nomes da conquista do tetracampeonato brasileiro, o Fluminense não conta com um goleiro que passe confiança e dê realmente conta do recado. 

Há algum tempo, aqui mesmo no Explosão Tricolor, pedi oportunidades para o Júlio César. Ele teve uma sequência, e realmente mostrou que não tem nível para ser titular do Fluminense. Até fez alguns bons jogos, mas em outros demonstrou muita insegurança. De certa forma, há um sentimento de frustração com relação a ele. Em algum momento ele foi uma esperança para o torcedor.

Infelizmente, o Diego Cavalieri nunca mais foi o “Paredão Tricolor”. Na verdade, o camisa 12 do Fluminense parece pior a cada ano. Apesar de ter retornado recentemente ao time titular, ele segue cometendo erros básicos de fundamentos. Pelo salário que recebe, tem sido um fardo para o clube nos últimos cinco anos. Na minha opinião, vale destacar ainda, a direção comandada pelo ex-presidente Peter Siemsen, que cometeu um grande erro ao renovar o vínculo com o mesmo em condições muito acima das possibilidades financeiras do Fluminense.

Temos como terceira opção imediata, o Marcos Felipe, que surgiu muito bem no sub-20 do Fluminense. Seria interessante que ele recebesse mais chances. Talvez não nesse momento de pressão, com o Tricolor correndo risco de ser rebaixado, mas talvez logo no início do próximo ano. 

Para resumir, o fato é que o Fluminense precisa de uma renovação de seus goleiros. Defendo, desde já, as saídas de Júlio César e Diego Cavalieri. Defendo também, como já disse acima, mais oportunidades para os arqueiros revelados em Xerém. Evidentemente, o clube também precisa buscar peças no mercado. Entendo que esse é um problema sério e que se tornou “crônico” nos últimos anos. Desta forma, as mudanças se fazem necessárias! 

Observação: É evidente também que o Fluminense precisa de renovação para outras posições. Apenas destaquei uma posição que, ao meu ver, é de extrema importância para o sucesso de um time de futebol.

Leandro Alves



Siga-nos no Twitter e curta nossa página no Facebook

INSCREVA-SE no nosso canal do YouTube e acompanhe os nossos programas!

SEJA PARCEIRO DO EXPLOSÃO TRICOLOR! – Entre em contato através do e-mail: explosao.tricolor@gmail.com

PUBLICIDADE