Uma punição que é a cara do Caixão 2015




Em julgamento realizado ontem, no Tribunal de Justiça Desportiva, relativo aos incidentes ocorridos no jogo Macaé x Flamengo, quando os dois clubes foram denunciados e incursos no artigo 213 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva, os clubes foram punidos com a perda de um mando de campo e uma multa de R$ 10 mil.

Para quem não lembra, antes do jogo de estreia dos clubes no Estadual um grupo de vários vândalos com camisas rubro-negras invadiu o vestiário, fez um arrastão e ainda agrediu o goleiro do Macaé, Ricardo Berna, que teve um corte no queixo, levou pontos e jogou com uma proteção. Os meliantes roubaram material esportivo e frutas.

Algumas lamentáveis cenas da invasão foram filmadas, mas ainda assim ninguém foi preso e não houve qualquer espécie de punição à torcida organizada em questão.

O time da Gávea ainda ficou inconformado com a punição e pretende recorrer à segunda instância, o pleno do STJD, com pedido de efeito suspensivo.

A Procuradoria do TJD-RJ, que deseja sanção mais pesada, também irá recorrer. O Macaé, punido por ser o mandante da partida e portanto responsável pela organização do evento, ainda não decidiu se irá recorrer.

Se o novo julgamento ocorrer na primeira semana de março e a sentença for confirmada, o clube rubro-negro terá de cumprir a punição no dia 8 de março, no jogo contra o Friburguense, marcado para o Maracanã. E como terá que jogar a 100 kms da capital, possivelmente o jogo será em Macaé, que, por ironia, foi justamente onde os torcedores aprontaram a bandalheira. Caminho livre para mais invasão!

Uma punição muito branda para um episódio tão grave, e se a moda pega está liberado o espancamento do time adversário antes da partida, podendo mesmo deixar alguns atletas sem condições de jogo.

Esta foi a pena na esfera esportiva. Os torcedores, contudo, a princípio não terão nenhuma punição pelos crimes cometidos, uma vez que polícia e Ministério Público por enquanto nada conseguiram de efetivo.

Mais uma vitória do vandalismo. Mais uma derrota do futebol! Do triste campeonato do Rubinho, que criou uma série de regras absurdas para a competição, algumas delas em confronto direto com a legislação vigente no país, tais como o fim da meia-entrada e a punição com multa para quem se expressasse contra a organização da competição. Estas duas medidas já foram revertidas na Justiça.

Por PAULONENSE

pizza-calabresa
Um fato grave que pode acabar em pizza.

 

PUBLICIDADE