A chegada do Fábio e a atitude do Marcos Felipe






Fala, galera tricolor! O papo desta sexta-feira será sobre a contratação do goleiro Fábio. Honestamente, gostei da chegada dele, pois trata-se de um jogador experiente, vencedor e com muita personalidade.

Em outros tempos, eu até ficaria preocupado com a questão da idade, porém, o Fábio é um atleta que se cuida muito. Nesta semana, o técnico Vanderlei Luxemburgo, que trabalhou com o jogador no Cruzeiro na temporada passada, deu a seguinte declaração:

“Sim. Fábio estava no meu projeto. Ele, ano passado, estava melhor que quando trabalhei em 2015. Mais magro e melhor. Porque ficou mais velho e teve que treinar mais para continuar trabalhando em alto nível”, disse Luxemburgo em entrevista à rádio Transamérica. 

Com o Fluminense disputando várias competições, é impossível idealizar um time titular absoluto. Lesões, suspensões, desgaste e até a Covid-19 certamente serão motivos de desfalques. Porém, se tivesse que escolher um goleiro para ser titular, o meu escolhido seria o Fábio.

No outro lado da história tem o Marcos Felipe. É bem verdade que ele falhou em momentos decisivos na última temporada, porém, salvou bastante e garantiu muitas vitórias importantes. Ele também tem o seu valor. Porém, na última quarta-feira, teve uma atitude muito infeliz, que foi a de postar os seus números no Brasileirão justamente no dia do anúncio da contratação do Fábio. Achei totalmente desnecessário e ainda sinalizou insegurança, que é algo que um goleiro não pode ter de forma alguma.

É óbvio que a contratação do Fábio tirou o Marcos Felipe da zona de conforto, mas não será através de rede social que ele ganhará a disputa por posição. Como torcedor, estou muito feliz pelo fato de o Fluminense ter duas boas opções para a posição. Isso qualifica o elenco e passa a sensação de que o time sempre estará bem servido. No restante, acredito na altíssima capacidade de gestão de grupo que o Abel Braga possui.

Por hoje é só.

Considerações finais

– O texto publicado na quinta foi apenas um alô de retorno, mas uma meia dúzia não compreendeu a real intenção e meio que debochou. Passei pelo problema da Covid e só queria dar um “oi” para a galera e avisar que estava de volta, apenas isso, mas parece que está proibido manifestar felicidade e alívio por voltar a trabalhar normalmente…

– Siga-me no Twitter através do perfil @ViniFLU18 (clique aqui)

– O Explosão Tricolor está em campanha para alcançar a marca de 20 mil inscritos no canal do YouTube. Contamos com o apoio de vocês!  Clique aqui e realize a sua inscrição.

Forte abraço e ST

Vinicius Toledo



PUBLICIDADE