Aí não, Ganso!




Ganso (Foto: Mailson Santana / Fluminense F.C.)



Após a derrota para o Internacional, no último sábado, no Maracanã, o meia Paulo Henrique Ganso defendeu o técnico Abel Braga das vaias da torcida do Fluminense. Eu não concordo com o posicionamento do camisa 10. Principalmente com a forma como ele se expressou.

O Abel é um cara muito vivido, sabe que isso acontece sempre que a equipe está perdendo. Quando fizemos o 3 a 2 no meio da semana (contra o Vila Nova) ele era um gênio. Futebol é assim. Quando perde nada funciona, ninguém presta, mas quando ganha é gênio – disse Ganso.

Eu até entendo que a intenção do Ganso foi blindar o treinador, mas o comentário dele só serve para acirrar os ânimos com a torcida tricolor.

O ponto principal é que a fala do meia está completamente desconectada da realidade. O torcedor tricolor nunca tratou o Abel Braga como “gênio”, muito menos após a vitória pouco convincente diante do Vila Nova. Ocorreu justamente o oposto. O técnico foi cobrado pela torcida mesmo após o triunfo sobre o time goiano.

O fato é que o momento pede menos palavras e mais trabalho e resultados. O torcedor tricolor quer ver o time jogando bem e vencendo. Com o futebol medíocre apresentado pelo Fluminense nos últimos jogos, o Abel Braga seguirá tendo o seu trabalho questionado pela torcida.

Leandro Alves

Clique aqui e veja a lista com as últimas notícias do Fluzão!



Por Explosão Tricolor

E-mail para contato: explosao.tricolor@gmail.com

PUBLICIDADE