Alô, presidente!




Foto: Armando Paiva/ Divulgação



A CBF confirmou as datas e horários dos jogos da 10ª até a 15ª rodada do Campeonato Brasileiro. Analisando a grade de jogos do Fluminense, percebe-se claramente uma visível má vontade.

Primeiramente, o Fluminense retornará do recesso de um mês, contra o Ceará, no Maracanã. Aí a Dona CBF marca a partida para uma segunda-feira, às 20h. Ou seja, logo de cara, dá uma esfriada no público, que já não tem sido dos melhores.

Depois do confronto contra os cearenses, o Fluminense jogará quatro sábados seguidos, sendo que dois deles serão mando de campo tricolor (São Paulo e Internacional). Os outros dois jogos serão contra o Vasco da Gama e Atlético-MG.

Após uma fria segunda-feira e quatro sábados seguidos, um prêmio de consolação: partida contra o CSA, no Maracanã, num domingo, às 16h, mas com um pequeno detalhe: terá transmissão da TV aberta, conforme consta informado no comunicado da CBF.

O Fluminense pegou a tabela mais ingrata nas nove primeiras rodadas: foram cinco jogos fora e dois clássicos. É claro que isso não foi um fator determinante para o péssimo desempenho da equipe até aqui, no entanto, não há como negar que teve considerável contribuição.

Agora, colocam três jogos com mando do Fluminense em dias e horários questionáveis. Não poderia ter equilibrado? O jogo contra o Internacional, que é mais expressivo, não poderia ser disputado num domingo? Contra o São Paulo, até se justifica ser no sábado, por conta do duelo contra o Peñarol-URU, pela Copa Sul-Americana, estar marcado para uma terça-feira. O retorno, contra o Ceará, após um mês de recesso, não poderia ter sido marcado para um sábado? 

Espero que a nova diretoria atue com força nos bastidores do futebol brasileiro. Não dá mais para aturar esse tipo de tratamento e, principalmente, a falta de representatividade. Começo até a acreditar que o objetivo seja realmente o de derrubar o Fluminense na marra, conforme muitos tricolores andam comentando nas redes sociais.

Saudações Tricolores!

Vinicius Toledo



PUBLICIDADE