Até o final?




Foto: Fluminense FC

Utilize o cupom de desconto do Explosão Tricolor no ato da compra → explosaotricolor



Até o final?

E a Assembleia Geral que será realizada no próximo sábado? Tenho visto a grande massa já contando que a eleição presidencial será antecipada. Intensa guerra entre correntes políticas, redes sociais pegando fogo e a arquibancada mandando o mesmo recado dos dois anos anteriores. Assim tá o clima no nosso Fluminense.

Enquanto isso, o presidente Pedro Abad e a turma dele seguem quietos no canto deles. E é aí que pode estar morando o perigo…

Não se sabe ao certo quantos sócios foram convocados. Como de costume, a transparência é algo raro na atual gestão. No entanto, algumas situações não podem ser desconsideradas. Assembleia Geral no último final de semana de janeiro? A cidade está vazia e o verão segue bombando. Há também uma outra situação que não vi ninguém comentar: a forte base de eleitores fieis da Flusócio, Esportes Olímpicos e Social.

Tudo bem que o grupo político do presidente Pedro Abad sofreu algumas perdas, mas não dá para subestimá-lo quando o assunto envolve o jogo do poder. Nisso, eles são muito competentes. Quem conhece um pouco do cenário político tricolor, sabe que a turma dos Esportes Olímpicos consegue puxar, no mínimo, 800 votos. Vale lembrar que, no início do mês passado, todos os vice-presidentes de Esportes Olímpicos manifestaram total apoio a Pedro Abad às vésperas da votação do pedido de impeachment.

Publicamente, Pedro Abad garantiu que deseja antecipar a eleição. Mas não custa lembrar que o voto é secreto. Portanto, tudo é possível. Ainda mais se considerarmos o histórico de votação do clube ou será que alguém aí coloca a mão no fogo e jura de pé junto que essa turma votará a favor da antecipação da eleição presidencial? É o tipo de situação que só saberemos após o final da apuração da Assembleia Geral. 

Também vale ressaltar que a corrente política ligada ao ex-vice-presidente Cacá Cardoso é contra a mudança no estatuto. Ou seja, a tendência é a de que votem em peso contra a antecipação. Segundo declarações públicas, eles são a favor da renúncia de Pedro Abad para que uma nova eleição seja convocada dentro do período de 45 dias. No entanto, apesar de não ter ficado muito claro, o discurso deles deixa a impressão de que desejam uma eleição agora e outra em novembro.

Além do ponto de interrogação sobre o resultado da Assembleia Geral, há também a questão da validade de uma eventual mudança do estatuto, caso a maioria vote pelo “SIM” na Assembleia Geral. Segundo o próprio estatuto do clube, a mudança só poderia ser realizada no próximo mandato. Briga arrastada na Justiça e o Pedro Abad até o final do mandato? Os próximos dias prometem…

Saudações Tricolores!

Vinicius Toledo



PUBLICIDADE