Brincadeiras à parte




Cano (Foto: Mailson Santana / Fluminense F.C.)



Meus amigos, ele voltou! A coisa estava feia na Arena Pantanal, mas a fé dos seus devotos tricolores foi enorme. Sim, o gol cagado voltou!

Brincadeiras à parte, primeiro tempo entre Fluminense e Cuiabá foi sem emoção alguma. Chamou atenção um lance que o Fred “fugiu” da bola e uma saída de bola errada do Wellington. Realmente, os primeiros quarenta e cinco minutos foram terríveis. Deu pena dos tricolores que esgotaram os ingressos do setor de visitante.

No segundo tempo, o Tricolor demonstrou alguma vontade de buscar a vitória, porém, esbarrou na falta de capricho na última bola. Mas é fato que o time buscou.

Descansado, Germán Cano entrou no lugar do Fred. O argentino não é craque, mas não é de bobeira. Não tem tempo ruim para o cara que carimbou o Flamengo três vezes com a letra “L” nas finais do Carioca e entrou para a história. No último minuto, Cano correu no estilo “Forrest Gump” pela ponta direita após belo lançamento do Yago Felipe e cruzou. Caio Paulista fechava na pequena área, mas o zagueiro Paulão fez o gol contra. Nós brincamos com o folclórico “gol cagado”, mas é preciso destacar a vontade do argentino na jogada. A confiança dele foi fundamental para o Fluminense achar o gol da vitória.

Vitória merecida pela vontade apresentada no segundo tempo, mas o futebol segue muito pobre de ideias. De qualquer forma, valeu pelos três pontos. A torcida tricolor que chegou junto na Arena Pantanal sorriu no final!

Curtinhas:

– Finalmente, o Abel Braga teve coragem de poupar alguns jogadores. Não tem jeito: tem que rodar o elenco.

– O Fábio deve ter saído com o uniforme limpinho.

– Eu sei que é duro para boa parte da torcida, mas o Fred não dá mais.

– Jhon Arias parece estar cansado.

– Wellington deu duas saídas erradas. Teve a terceira, mas a sorte que o árbitro interrompeu para atendimento de jogador.

Saudações Tricolores,

Vinicius Toledo



PUBLICIDADE