Cristóvão festeja, mas não esquece irregularidades do time




Após a vitória sofrida diante do Friburguense, Cristóvão festejou, no entanto, sem deixar passar as irregularidades do time. O técnico lembrou da presença dos novos contratados, da parte física e outros temas, como a Florida Cup.

– Praticamente metade do time era novo. Para nós, o mais importante era a vitória. Claro que queríamos jogar bem, o que não aconteceu. Normal, tivemos algumas oscilações, algumas dificuldades. Cometemos erros que são normais, o mais importante foi ter conseguido vencer na estreia – frisou.

Outros assuntos da entrevista:

Avaliação dos estreantes

– Eles têm trabalhado bem. Os que tiveram uma oportunidade, tiveram uma boa participação. Entrar na equipe com muitos jogadores novos é difícil, e mesmo os que já estavam antes tiveram dificuldades. Mas acho que eles aproveitaram bem a chance.

Oscilações durante o jogo

– Assim como no primeiro tempo, estávamos precipitando bastante no segundo. Estávamos precisando segurar mais a bola, ter mais profundidade. Com nossos erros de passe, o Friburguense cresceu. A equipe jogando de uma forma instável, fica mais difícil para todos. Se tivéssemos um domínio, seria mais tranquilo para todos. Mas para primeira partida é normal.

Parte física

– É natural que sintam, foi o primeiro jogo. Por isso acontecem muitos erros de passe, o que dificuldade tudo. Sentimos um pouco,  o campo estava difícil Nosso normal é ter posse de bola, controle do jogo. Mas isso vai melhorar a cada jogo.

Participação do meia Vinicius

– Ele foi bem, é um jogador inteligente, de boa técnica, distribui bem o jogo. Isso é importante. A equipe estava precisando deste equilíbrio para dominarmos o jogo.

Torneio nos EUA prejudicou a estreia?

– Acho que não. Lá não estávamos preparados para competir ainda, precisávamos retomar um conjunto melhor. Isso só acontece com os treinos e jogos. Precisamos achar um bom equilíbrio, vimos o time muito oscilante. É necessário essa constância na maneira de jogar. Vamos conseguir com o tempo, com o entrosamento.

Renovações de contrato (atletas como Wagner e Jean)

– Acho que logo logo vamos ter novidades.

Qualidade ruim do gramado

– Atrapalhou as duas equipes e o espetáculo. Isso é uma coisa lógica. Foi muito diferente do que seria no Maracanã, seria um jogo com muito mais qualidade técnica.

Por Explosão Tricolor / Fonte: Globoesporte.com / Foto: Nelson Perez (FFC)

Siga-nos no Twitter e curta nossa página no Facebook

PUBLICIDADE