Dança, dança…




FOTO DE MARCELO GONÇALVES / FLUMINENSE FC



Que me desculpe a turma do politicamente correto, mas… “Que puta atuação do Fluminense!” A rapaziada engoliu o Atlético-MG no Maracanã. O time jogou o fino e o que é melhor: venceu. Honestamente, os mineiros saíram no lucro, pois o Fluminense entregou dois gols. O sacode era para ter sido maior!

Desde o início, ficou nítido que o Fluminense entrou “ligado no 220”. Com uma postura bastante agressiva, o time foi pra dentro do Atlético-MG sem medo de ser feliz. Da arquibancada, a torcida logo tratou de comprar o barulho. Pronto, a sinergia estava perfeita! Quem estava no Maracanã com certeza sentiu a mesma coisa.

Todos os gols tricolores foram muito bem trabalhados, como, por exemplo, o terceiro marcado pelo Samuel Xavier. Quando é que alguém iria imaginar o ponta cruzando para um lateral marcar de cabeça dentro da pequena área? Palmas para o Diniz!

O único puxão de orelhas é sobre a questão da saída de bola. Tudo bem que o Fluminense gastou a bola e meteu cinco gols muito bem trabalhados, mas o time não pode dar esse moles. Será que está proibido dar uma “bicuda pro alto”? Não é pecado, Diniz!

Tirando essa questão da saída de bola, a noite foi mágica no Maracanã. O Fluminense venceu por 5 a 3 com o chicote na mão para desespero do chorão do Hulk e do invocado Antonio Mohamed, inclusive, deixo aqui uma canção para a torcida atleticana, que é  mais chorona do país: “Dança, dança / Dança, dança da bundinha / No Maracanã / O galo virou galinha!”

Saí do Maraca de alma lavada!

Curtinhas:

– Manoel teve atuação monstruosa!

– Samuel Xavier foi outro que jogou muito.

– André e Ganso deram show na meiuca.

– Jhon Arias, Luiz Henrique e Germán Cano depenaram o Galo.

– A torcida precisa aparecer no Maraca no próximo sábado!

– Siga-me no Twitter através do perfil @ViniFLU18

Forte abraço e ST

Vinicius Toledo



PUBLICIDADE