Derrota para o Grêmio, falta de regularidade do Fluminense no Brasileirão, decisão de mexer na equipe e muito mais: leia a entrevista coletiva de Marcão




Marcão (Foto: Lucas Merçon / Fluminense F.C.)



Marcão concedeu entrevista coletiva após a derrota do Fluminense para o Grêmio

Após a derrota do Fluminense por 1 a 0 para o Grêmio, na noite da última terça-feira (09), o técnico Marcão concedeu entrevista coletiva na Arena do Grêmio. O treinador falou sobre o revés diante do time gaúcho, falta de regularidade do Tricolor no Brasileirão, decisão de mexer na equipe e muito mais. Leia a íntegra abaixo:

Clique aqui e veja a lista com as últimas notícias do Fluzão!

Derrota para o Grêmio

“Pensamos em colocar um time mais leve para usar esse ímpeto do Grêmio e acelerar o jogo. O Cazares tinha feito grande partida no jogo passado, tentamos aproveitar esse passe dele em profundidade. Mas o Grêmio marcou muito bem por zona com sua última linha, tirou um pouco do nosso espaço, do que planejamos e dificultou. É dar mérito ao adversário.

Foi uma partida muito igual, uma trocação. Desenhamos de ficar um pouco mais com a bola, tirar um pouco a aceleração do time deles. Em alguns momentos quando conseguimos fazer isso, criamos situações de gol. Movimentamos, tivemos paciência, criamos, mas erramos muito. E em um jogo muito franco, eles aproveitaram a oportunidade que tiveram.”

Polêmica entre jogadores e torcida após a partida contra o Sport

“Não sei quem (jogador) está reclamando (de vaias da torcida). Nosso torcedor é soberano. Quando está bem, vai apoiar. Quando achar que as coisas não estão funcionando, vão cobrar. E nós que trabalhamos no Fluminense temos esse entendimento. Domingo sabemos que precisaremos mais uma vez do apoio e incentivo deles. Estão e vão jogar juntos. Eles entendem o momento da nossa equipe. Pedimos o apoio e que consigam nos apoiar os 90 minutos.”

Decisão de mexer na equipe

“Viemos de um jogo sábado que exigiu muito da nossa equipe, mas lógico que analisamos nossos adversários. Quisemos aproveitar o momento bom do Cazares no jogo passado. Só que quando jogamos com ele por dentro, temos que ter uma marcação, uma estrutura, pra bloquearmos o lado direito. Não íamos tirá-lo de dentro para fazer essa marcação. Deixamos ele por dentro naquele espaço e depois tentamos colocar os três volantes para colocar velocidade e esse ímpeto do Grêmio que joga muito bem pelos lados. Pensamos em aproveitar esse momento do Cazares e empurrar um pouquinho o Luiz pra frente junto com o John pra colocar velocidade nessa linha do Grêmio que jogou muito alta.

Queríamos essa estrutura forte por dentro pra roubar essa bola e entregar no pé do Cazares pra aproveitar essa chance. Agora para a próxima partida, temos que analisar. Vamos ver o melhor momento, quem tá bem, quem tá saudável… A melhor estrutura para pegar esse adversário que vai ser o Palmeiras no domingo.”

Pretende manter a nova formação?

“Vamos ter esses dias para treinamento. Vamos trabalhar muito, cada vez mais, para encontrar soluções, para furar a equipe adversária. Hoje não funcionou da maneira que queríamos, é uma das coisas que tira nosso sono. Temos consciência de que temos que trabalhar para que nossas vitórias apareçam.”

Sina do Fluminense em “ressuscitar” times em má fase no Brasileirão

“O Campeonato Brasileiro é o mais difícil do mundo. Vimos o jogo do rival (Flamengo) ontem e a Chape conseguiu tirar pontos de um dos times milionários do campeonato. Você olha na tabela, o Fluminense está em oitavo e tem obrigação de ganhar. Só que cada jogo tem uma história. Trabalhamos para isso, vivemos disso, para fazermos sempre bons jogos. O que posso falar é que vamos continuar trabalhando para que as vitórias apareçam, independentemente de qual equipe seja.”

Falta de regularidade do Fluminense no Campeonato Brasileiro

“O que a gente busca é isso: regularidade o tempo todo. A gente tem a consciência também que do outro lado tem adversários que estão passando por momentos difíceis. O Grêmio hoje, Sport na semana passada, a gente vai pegar o Palmeiras brigando por uma condição melhor… É lógico que tem um adversário muito forte do outro lado. Mas o que a gente busca é regularidade. Vamos trabalhar para que os detalhes nas próximas partidas fazerem a diferença ao nosso favor. Ter nossa equipe muito bem estruturada, organizada para a gente defender bem e, quando tiver a oportunidade lá na frente, a gente vai transformar em gols. É isso que a gente quer para a nossa equipe.”



Por Explosão Tricolor

E-mail para contato: explosao.tricolor@gmail.com

PUBLICIDADE